Aprender a controlar a ansiedade ao gerir uma Franquia

Apesar do cenário econômico estar ruim e bastante instável, há registros de crescimento do mercado de franquias – até pelo fato da crise ter gerado bastante desemprego, e ter encorajado alguns trabalhadores a se tornarem empreendedores e abrirem seus próprios negócios. É aquela velha história, de que momentos de crise preocupa, prejudicam, mas também ensinam.

Decididas a se tornarem empreendedores, as pessoas começam os processos – pesquisa de franquias, pesquisa de mercado, busca por especialistas que ajudem com os passos iniciais, planejamento, plano de negócios e tudo mais que requer muita atenção para que o empreendimento comece certinho, pronto para o sucesso. Acontece que todo esse processo gera um certo grau de ansiedade, cansaço e estresse, e o empreendedor precisa saber lidar com isso.  Além disso, pessoas que já têm predisposição à ansiedade irão querer um retorno rápido do investimento, resultados bons e imediatos,  mas sabemos que nem sempre acontecesse dessa forma. Há algumas formas para ajudar a driblar essa ansiedade que toma conta e que precisa ser controlada, pois a mente deve estar tranquila para fazer escolhas e tomar decisões. Que tal algumas dicas?

Como aprender a controlar a ansiedade ao gerir uma franquia

Planejamento é sempre necessário

Você irá se perguntar “De que forma o planejamento vai ajudar a diminuir a minha ansiedade?”, e a resposta é uma só: pelo planejamento, você saberá passo a passo sobre o que irá acontecer na empresa. Terá um panorama de metas e prazos e não ficará dependendo da sorte e imaginando quanto irá ter de despesas mensais, por exemplo.

Organização é ouro

Organizar-se significa otimizar tempo, espaço, logística. Pense, por exemplo, se você  não guarda a documentação da sua empresa de forma organizada, então chega o momento de enviar essa documentação ao contador – já pensou na perda de tempo encontrando e organizando tudo? Além do estresse, da ansiedade por enviar logo, até porque às vezes o contador precisa de determinados documentos, para apresentar à alguns órgãos, e fica pressionando, porque tem prazo. Olha a confusão que gera. Portanto, ser organizado também significa não ficar ansioso.

Só gaste o que tem e o que já entrou

Gerar problemas financeiros é a certeza de gerar estresse e ansiedade. Não dá para empenhar o que ainda não foi recebido ou pior, assumir compromissos além de valores que há para entrar. As finanças devem se manter equilibradas para não acontecer de começar a acumular dívidas e todas as preocupações que vêm junto.

Não leve o trabalho para casa

Esse ponto é bastante importante, considerando que qualquer trabalhador, assim como qualquer empreendedor, precisa de momentos de descanso e relaxamento. Não dá para sair da empresa e levar os problemas para casa, pois além de ficar ansioso, angustiado e estressado, passa isso também para a família,  e o ambiente familiar fica carregado. Há que se ter os momentos de descanso, para se fortalecer e estar pronto para o outro dia, encarar a jornada de empreendedor.

Acerte na escolha da equipe

Ter uma equipe comprometida e em quem possa confiar é imprescindível ao empreendedor, por dois motivos principais: um porque quando a ansiedade tomar conta, é bom ter um apoio, ter alguém que motive em momentos difíceis e outro que os colaboradores podem ser quem complemente as competências do chefe, fazendo com que a empresa ande certinha pelos trilhos.

Saiba mais sobre a WSI

Nome Completo

E-mail

O que descreve melhor você?

Telefone

Cidade

Estado

Hootsuite-Solution    SEMPO-Member   Google-partner   Yahoo-bling    Hubspot    Constant-contact   Microsoft-partner