O bom franqueado é, antes de qualquer coisa, um empreendedor, e no Brasil, o empreendedorismo é uma forte tendência, considerada quase inata da população. Por esse motivo é comum encontrar empreendedores que busquem inovar, contando com o apoio de franqueadores. Mesmo assim, sabe-se que cerca de 5% das franquias encontram grandes dificuldades no período de implantação, o que ainda é baixo, comparado a mortalidade de 20% das empresas independentes nos primeiros dois anos, mas ainda assim é um dado a ser levado em consideração.

Isso acontece porque o mesmo Brasil que produz empreendedores peca em qualificação profissional, e o resultado disso é que esses visionários se sintam despreparados quando o assunto é arregaçar as mangas.

Mas saiba que, com o posicionamento certo e a postura ideal, fica mais fácil transpor os obstáculos iniciais após a abertura da sua franquia. E se a falta de qualificação está relacionada a sua insegurança, não se preocupe mais. As habilidades naturais do franqueado podem ser de grande valia para o sucesso do empreendimento, uma vez que somadas ao know-how da marca, fica mais fácil tomar decisões pautadas em planejamento e noções de gestão que já deram certo.

bom franqueado

Características pessoais como habilidades do bom franqueado

Quem já atua no segmento de franquia sabe que para saber se um empreendedor pode obter sucesso nesse segmento, é importante observar se ele possui as habilidades do franqueado dedicado. Uma postura ao mesmo tempo profissional e pessoal, que é o que o levará adiante através dos obstáculos. Abaixo citamos alguns desses pontos fortes, capazes de fazer a diferença:

  • Engajamento: Se dedicar a realizar os próprios projetos é o que diferencia o bom franqueado, de um simples sonhador. Com engajamento, o empreendedor arregaça as mangas visando pôr no mundo real, os projetos que idealizou.
  • Disciplina: É somente através da disciplina, que o bom franqueado consegue cumprir os procedimentos estabelecidos pelo franqueador. Inovar pode ser interessante, mas é igualmente importante estar alinhado com os objetivos iniciais da marca.
  • Comprometimento: A boa postura diante do mercado leva o franqueado a galgar novos degraus. Ele precisa participar de convenções, se comprometer á realizar treinamentos e estar interessado de fato em participar ativamente dos negócios que envolvem o setor.
  • Foco: Como sempre, saber exatamente onde se quer chegar, é o que garante um trajeto tranquilo. Por isso o foco do bom franqueado deve estar sempre voltado para o sucesso da sua franquia. Dessa forma, tanto o seu atendimento, quanto a elaboração diária do seu trabalho, ficam voltadas para o mesmo objetivo, fazendo com que cada uma das suas decisões ao longo do dia sejam direcionadas para a realização do seu objetivo.
  • Objetivo: É o objetivo que embasa tudo. Da iniciativa ao alcance das metas, só se pode alcançar sucesso de verdade, nutrindo um ideal. Seja ele o de gerir o próprio negócio, ou de poder proporcionar a si mesmo e a sua família, uma vida mais confortável.

Como se pode ver, o bom franqueado é o que trabalha incansàvelmente em prol do sucesso dos seus objetivos. E para ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo dos negócios se manter atualizado sobre o mercado de franchising, não deixe de acompanhar sempre as atualizações da nossa plataforma.

Saiba mais sobre a WSI

Nome Completo

E-mail

O que descreve melhor você?

Telefone

Cidade

Estado

Hootsuite-Solution    SEMPO-Member   Google-partner   Yahoo-bling    Hubspot    Constant-contact   Microsoft-partner