Rimma Jaciw, VP de Operações da WSI, está na empresa a mais de 15 anos. Durante nossa entrevista aprendemos que  ela fala muitos idiomas (mais do que você pode imaginar!), que ela foi a segunda mulher no Canadá a ter uma nomeação como Certified Franchise Executive e foi nomeada Presidente do Comitê de Afiliação da Associação de Franquias do Canadá, antes de ser convidada a fazer parte do Conselho dessa Associação. Leia a nossa entrevista com Rimma abaixo. 

 

Fale do seu estilo de trabalho?

Me considero uma solucionadora de problemas. Eu gosto de ver as coisas em calmaria. Eu sou também bem flexível – meu marido diz que se casou comigo porque eu tenho o maior coração já visto.

 

Como você era no Colegial?  

Super participativa em tudo (esportes, valedictorian, debates, cheerleading, mas sempre protegendo os underdogs).

 

A quanto tempo está com a WSI?

15 anos.

 

O que você fazia antes da WSI? 

Eu passava metade do meu tempo fazendo marketing e comercializando tecnologia do Top Soviet Materials Science Institute. A outra metade do tempo eu administrava um fundo de investimento de $100 milhões do World Bank, European Bank for Reconstruction and Development e o Governo  Holandês.

 

Porque veio trabalhar na WSI?

Quando eu retornei da Europa Ocidental, eu administrava meu próprio negócio. Depois eu percebi que desejava ser parte de uma equipe e trabalhar em pró de uma meta comum. Ironicamente, a WSI era para ser meu último projeto de consultoria e acabou que continuo aqui depois de 15 anos. Eu gosto muito e jamais imaginei ser parte  de um time tão grande e poder trabalhar dominando o universo digital em parceria com nossa ampla rede mundial de franqueados e fornecedores.

 

Como foi sua jornada para chegar na sua posição atual?

Quando relembro minha jornada, ela nunca foi muito planejada. Foi uma combinação de risco, sorte, curiosidade, determinação, atitude positiva, a tentação pelo desconhecido e muito trabalho.

 

Olhando para trás os últimos 15 anos – quais foram alguns destaques que você lembra e porque foram importantes?

A percepção de que, onde quer que eu estivesse, quando viajava (seja a trabalho ou passeio), eu poderia encontrar um Consultor WSI e convidá-lo para tomar um café ou simplesmente saber que tinha alguém a quem poderia recorrer se tivesse algum problema. É incrível poder fazer parte de uma rede de profissionais como essa. Além disso, ser a segunda mulher no Canadá a receber uma nomeação como Certified Franchise Executive deixou minha mãe muito orgulhosa de mim. Finalmente, ser eleita Presidente do Comitê de Afiliação da Associação de Franquias do Canadá e, em seguida, há dois anos, ser convidada a integrar seu Conselho, foi a maior glória quando o tem é segmento de negócios de franquias.

 

Qual foi seu principal atingimento na WSI?

Subir os degraus começando como uma Consultora responsável por uma atividade com duração prevista de 3 meses, até chegar a uma posição de Vice-Presidente junto à melhor equipe do planeta.

 

Me conta como você abraçou essa mudança que aconteceu durante seu tempo na WSI?

Eu sempre tive interesse e me adaptei a mudanças. Mudanças trazem muitas aventuras junto. Mantém as coisas interessantes e desafiadoras.

 

Qual a sua citação favorita?

Meu marido cita – “Casamento deve ser uma competição de generosidade.” A minha citação é que casamentos te elevam ao céu, onde há também trovão e relâmpago.  

 

Você tem alguma habilidade ou talento que a maioria das pessoas não conhece?

Eu estudei Ópera no Royal Conservatory of Music durante anos e fui o membro mais jovem a ser aceito no Coral Mendelssohn de Toronto. Eu também sou multilingue (ucraniano, russo, polaco, italiano e alemão). Eu também não sou ruim em coreano.

 

Que tipo de férias gosta de aproveitar?

Descobri a pouco tempo os  cruzeiros e estou adorando!

 

O que gosta de fazer no seu tempo de folga?

Adoro estar com meus filhos (Ricky toca piano e Luca toca violão e canta). Adoro sentar na minha varanda com meu marido e curtir uma deliciosa xícara de café.

 

Quais suas principais qualidades que trás para a WSI?

Eu sei negociar e, mais importante, tenho um grande senso de justiça. E acredito que as outras partes sempre reconhecem. Isso inevitavelmente leva a bons resultados e relacionamentos duradouros.

 

O que te chama atenção?

Se vejo alguém não ser bem tratado, de forma justa, ou alguém que precisa de ajuda, geralmente me envolvo (mesmo quando essas pessoas me pedem para não me envolver). A outra coisa que chama minha atenção é uma refeição maravilhosa preparada pelo meu marido que é um excelente chef. Você pode ver, olhando para mim, que ele é um ótimo cozinheiro e a quem sou muito agradecida.

 

Você tem lido algum livro bom recentemente?  

The Eight, escrito pela Katherine Neville.  Literatura super longa, mas me levou a tantos lugares e lembranças de momentos na história.

 

Em uma escala de um a dez, quão esquisita você acha que é?

8

 

Como você se define em uma palavra?

Generosa

 

Que metas você tem para o ano que vem?

Eu quero levar minha saúde mais a sério. Mesmo sentindo como se estivesse na minha adolescência, eu preciso encarar a realidade de que estou ficando mais velha e preciso dar prioridade ao meu bem-estar.

 

Onde você se vê daqui a 5 anos?  

Pesquisando universidades para meus filhos e avisando-os que suas namoradas não são boas bastante 🙂

 

O que você espera alcançar na sua próxima posição?

O mesmo que sempre desejo alcançar: crescimento, sucesso e resultados para a empresa e para as pessoas com quem trabalho.

 

Como a tecnologia mudou sua forma de trabalhar?

A velocidade de comunicação, informação e feedback. Isso é crucial em nossos negócios e em nossa comunidade internacional, onde precisamos agir rapidamente e nos comunicar com o  mundo todo.

 

Qual é o seu lema pessoal?

Não espere nada e nunca ficará desapontado.

 

Se você fosse trabalhar em um restaurante, qual função teria?

Degustadora

 

Se fôssemos ao happy hour, o que você pediria?

Lychee Martini.

 

Se você pudesse estar em qualquer outro lugar – do que aqui falando comigo  – neste exato momento, onde você estaria?

Com minha família.

 

Texto original:

 

Tradução por Caio Cunha, WSI Master Brasil.

  linkedin.pngfacebook-1.pngtwitter.png email: caio@wsiconsultoria.com

 

Sobre o autor

 

A WSI foi fundada em 1995, quando começou a operar seu sistema de marketing digital de sucesso, estruturado como franquias para profissionais de negócios em todo o mundo. Reconhecida como uma fornecedora global de soluções de marketing digital, desenvolveu importantes parcerias estratégicas, que, por sua vez, ampliaram e fortaleceram a sua rede de soluções digitais. Para mais informações sobre as oportunidades como Franquiado da WSI, entre em contato conosco pelo email: administrativo@franquiawsi.com.br

Website: http://www.franquiawsi.com.br

Email: administrativo@franquiawsi.com.br

Valerie Brown-Dufour está na WSI a 20 anos e hoje exerce a função de Presidente. Nessa função pedimos a Valerie para comentar sobre sua jornada na WSI até chegar a Presidente e também sobre a estratégia da empresa para os próximos 5 anos.

Como você se descreve?

Sou uma pessoa curiosa. Pragmática.  Engenhosa. Criativa.

Gosto de buscar melhores maneiras para fazer as coisas. Eu gosto de novidade e gosto de fazer e ver coisas que não foram vistas ou feitas antes. Eu gosto de ambiguidade e correr um pouco de risco.

 

Como você era no Colegial?

Eu acho que era a mesma que sou hoje. Eu gostava da escola e equilibrava os estudos acadêmicos com atividades extracurriculares como futebol, vôlei e tocava na banda.

 

A quanto tempo você está na WSI?

Desde 1999.

 

O que você fazia antes da WSI?

Eu lecionava para adultos e tinha minha própria empresa importadora.

 

Porque quis se juntar à WSI?

Eu me encantei com a história da empresa, a sua mentalidade empreendedora e a indústria, que é dinâmica e muda constantemente. As pessoas envolvidas foram (e ainda são!) inspiradoras.

 

Como foi sua trajetória para chegar aonde você está hoje?

Divertida. Nada simples nem direto. Interessante, pois sempre há algo novo para aprender e experimentar. Às vezes, enfrentei desafios, o que me permitiu crescer e expandir minhas próprias capacidades. Eu tive a oportunidade de aprender e desenvolver minhas habilidades em todos os aspectos do negócio. A WSI sempre se preocupou em ajudar as pessoas a crescer, o que permitiu que a empresa desenvolvesse seu pessoal internamente, do qual sou um produto.

 

Olhando para trás, nos 20 anos com a WSI – quais são alguns dos destaques que você mais lembra e por quê?

As pessoas – conhecer e trabalhar com pessoas (nossos consultores) de todas as esferas da vida, de tantas culturas e tantos países. É sempre inspirador observar as pessoas crescerem e prosperarem. Saber que você faz parte de ajudar alguém a realizar seus sonhos, sejam eles um franqueado ou um membro das suas equipes, é muito gratificante. É algo que ainda me motiva. Quando penso em 1999 e penso em todas as pessoas que tocamos, nos negócios que ajudamos a crescer e nas vidas que mudamos, é extraordinário.

Claro, há muitos destaques importantes ao longo dos anos que me vem à mente, em vários estágios da nossa evolução como negócio e como uma franquia. Estamos continuamente à frente das mudanças do setor – que ocorrem na velocidade da luz. Fazer parte de tudo isso foi uma jornada incrível. Mas no final, ainda volto para as pessoas que tive o prazer de conhecer e trabalhar ao redor do mundo.

 

Qual foi sua maior conquista na WSI?

Fazer parte desta incrível rede e ver como ela cresceu ao longo dos anos. Esse conceito de negócio que desenvolvemos é tão poderoso que ainda tem muita oportunidade de expansão e novos negócios a serem concretizados. Na verdade, acredito que as minhas maiores realizações e as da empresa ainda estão por vir. Essa oportunidade só cresce a cada ano, à medida que o marketing digital aumenta em sua proporção no orçamento global de marketing das corporações. Todos os anos, há novas tecnologias, metodologias e plataformas que se tornam uma necessidade absoluta para a comunidade empresarial, se quiserem ficar na mente e serem relevantes para seus clientes. Uma empresa não pode mais permanecer competitivo simplesmente tendo alguém para fazer um website e fazendo algum trabalho de SEO ou PPC.

Hoje, a comunidade empresarial está percebendo que precisa de um profissional que entenda como desenvolver uma estratégia digital que atenda aos objetivos de negócios. E é aí que eu vejo a nossa capacidade de realizar muito mais para as empresas em escala global.

 

Me conta como você olhou para mudança enquanto na WSI?

Acho que a primeira coisa foi fazer a escolha certa ao ingressar na WSI. Esta indústria estará sempre em estado de mudança; Eu sabia que precisava estar em um ambiente que evoluiria continuamente para que eu fosse feliz e realizada. Eu tento olhar para essa mudança com uma perspectiva de um copo meio cheio. A mudança abre novas portas, nos expõe a novas experiências e novos conhecimentos que nos permitem crescer como indivíduos e como equipe. Para mim, esse é um mundo excitante e quero ser  parte. A mudança é a base da nossa cultura e nossos valores corporativos. Se não tivéssemos sido uma organização que abraçou a mudança, estaríamos fora há muito tempo.

 

Descreve uma semana típica de trabalho?

Tudo começa quando estou indo para o trabalho. É uma ótima oportunidade para reunir meus pensamentos e fazer algumas ligações, pois no início da manhã é mais fácil falar com algumas pessoas importantes antes que começam seu dia de trabalho.

Segunda-feira e sexta-feira são dias sem reunião em toda a empresa. Então, tendem a ser dias de trabalho duro e de cabeça focada na tarefa para todos. Eu ainda tenho algumas reuniões nesses dias, mas geralmente, são destinados a dar tempo à equipe para se concentrar em suas metas trimestrais. Terça-feira é o dia dedicado às minhas reuniões com cada chefe de departamento.

Quarta e quinta-feira são dias que dou suporte organizacional tendo reuniões de equipe e reuniões com fornecedores, consultores WSI e outras partes interessadas. Quinta-feira de manhã é também nossa reunião de gestão que chamamos Nível 10. Nós seguimos a metodologia EOS. As sextas-feiras são dias em que concentramos em finanças, KPIs, etc.

 

Qual a sua citação favorita?

Eu amo citações e tenho muitas !! Mas uma das minhas favoritas, principalmente quando falamos de negócios, é: Pule e uma rede surgirá (“Leap and a net shall appear”) .

 

Você tem alguma habilidade ou talento que a maioria das pessoas não conhece?

Tenho habilidades excepcionais em fazer sanduíches.

 

Que tipo de férias você gosta de tirar?

Com meu marido e filhos vou para Vancouver Island, cidade onde meu marido morava. Também vou para países de diferentes idiomas / culturas para nossos filhos se exporem. Um favorito é o sul da França.

 

O que gosta de fazer no seu tempo ocioso?

Tempo ocioso? O que é isso? Às vezes eu me sinto como uma motorista levando meus filhos para suas muitas competições esportivas. Fico surpresa ao me ver como uma mãe tão fervorosa por hóquei – nunca quero perder um jogo do meu filho. Igualmente, minha filha compete por muitas horas semanais em treinamento acrobático,  não só no Canadá, mas também internacionalmente. É incrível e empolgante ver os filhos se destacarem nos esportes e serem maravilhosos para testemunhar todas as habilidades e lições de vida que o esporte pode ensinar – estabelecimento de metas, trabalho em equipe, dedicação, trabalho duro, perseverança, para citar alguns.

Em poucos momentos, entre todos esses eventos esportivos, eu adoro sair com meus filhos para uma noite no cinema ou organizar um jantar com amigos e familiares.

 

O que você acha que são as melhores habilidades que você traz para a WSI?

Eu costumo ser criativa e consigo captar uma visão bem ampla das coisas. Eu gosto de analisar e pensar estrategicamente e, com isso, apontar desafios e identificar oportunidades no negócio. Eu gosto de entrar nos detalhes de um plano e assim poder orientar a equipe na melhor forma de execução. Gosto também de trabalhar com pessoas – entendendo suas motivações, perspectivas e habilidades de cada um.

 

Você já leu algum bom livro ultimamente?

Sim. Suzanne por Anais Barbeau-Lavalette.

 

Em uma escala de um a dez, quão estranha você é?

Seis… talvez sete ?? Você me diz! Estranho está nos olhos de quem vê!

 

Como você se descreveria em uma palavra?

Sou alguém bem equilibrada e não susceptível a mudanças repentinas. Como se diz em Inglês: Even-keeled!

 

Que meta você tem para você mesma que deseja realizar no próximo ano?

Corrida de 5km,  para um evento para angariar fundos (e minha saúde !!)

 

Onde você se vê daqui a 5 anos?

Ainda como presidente da WSI.

 

O que você espera alcançar na sua próxima posição?

Eu realmente espero estar na mesma posição como presidente da WSI. Parte da nossa estratégia é o foco no que chamamos de 10X. Nos próximos 5 anos, nosso objetivo será o crescimento da empresa 10 vezes o que somos hoje. Como mencionei anteriormente, esta indústria está apenas começando e provavelmente é uma das poucas indústrias à prova de recessão. Nossos planos estão direcionados para o crescimento da operação de franquia, aumentando a performance das unidade de cada franqueado, e para um plano de crescimento de nossa equipe na matriz – tanto em números mas, ainda mais importante, em seu próprio desenvolvimento profissional e pessoal. Estamos lançando um programa de Desenvolvimento de Liderança que, estou confiante, terá um grande impacto na nossa equipe. Eu acredito que se investirmos nas pessoas certas, que estão em posições chave, então 10X é definitivamente viável.

 

Como a tecnologia mudou sua maneira de trabalhar?

A tecnologia permite maior produtividade e desempenho no trabalho. Eu sou capaz de realizar mais, mais rápido. Eu também estou muito mais organizada do que antes. Com diferentes plataformas e ferramentas disponíveis, posso lidar com muito mais diariamente – seja com o meu trabalho ou com as prioridades da organização.

Desde o início do meu dia de trabalho, durante o meu trajeto ao escritório, eu simplesmente digo ao meu carro com quem quero falar e ele me conecta a todas as pessoas e reuniões virtuais que preciso ter. É notável como nosso mundo de trabalho mudou na última década, em grande parte devido a essas inovações tecnológicas.

 

Qual seria o seu lema pessoal?

5o. Princípio de Covey: “Procure primeiro entender, e depois ser entendido”

 

Se você trabalhasse em um restaurante, em que função gostaria de estar?

Barman, pois acho que eles têm a função mais divertida e conhecem as pessoas mais interessantes.

 

Se fôssemos ao happy hour, o que você pediria?

Um copo de espumante!

 

Se você pudesse estar em qualquer outro lugar – neste exato minuto, onde você estaria?

Com meus filhos e marido em uma vila no sul da França.

 

Texto original: https://www.wsifranchise.com/blog/topic/agency-supplier-profiling

 

Tradução por Caio Cunha, WSI Master Brasil.

  linkedin.pngfacebook-1.pngtwitter.png email: caio@wsiconsultoria.com

 

Sobre o autor

 

A WSI foi fundada em 1995, quando começou a operar seu sistema de marketing digital de sucesso, estruturado como franquias para profissionais de negócios em todo o mundo. Reconhecida como uma fornecedora global de soluções de marketing digital, desenvolveu importantes parcerias estratégicas, que, por sua vez, ampliaram e fortaleceram a sua rede de soluções digitais. Para mais informações sobre as oportunidades como Franquiado da WSI, entre em contato conosco pelo email: administrativo@franquiawsi.com.br

Website: http://www.franquiawsi.com.br

Email: administrativo@franquiawsi.com.br

Bruno Moraes possui 14 anos de experiência em empresas de meios de comunicação. Sua formação é em Comunicação com pós-graduação em Comunicação Corporativa e Marketing Estratégico.

Na WSI, Bruno oferece, em sociedade com Fernando Alves,  consultoria digital para grandes e médias empresas desde 2015. Além disso, conta com premiação internacional na WSI e é co-autor do livro “Digital Minds”.

Conheça a trajetória de Bruno no mercado de Marketing Digital a seguir:

Empreendedorismo no DNA

Minha carreira sempre foi na área de comunicação. Eu sou jornalista de formação, então minha experiência prévia como funcionário foi principalmente em meio de comunicação. Trabalhei como repórter em jornal e em televisão e também trabalhei como editor.

Eu já tinha um modelo dentro da minha casa, meu pai é empresário há muito tempo e sempre o vi tocando o seu negócio.

Ter um negócio próprio não é apenas satisfação, não existem só alegrias. Mas a satisfação vem principalmente das conquistas das quais você se esforçou e sabe que são frutos do seu trabalho.

Eu sinto, de verdade, que a gente contribui com o sucesso de outras empresas. Desenvolver e acompanhar essa evolução e estar presente na vida do cliente, para mim, é gratificante.

WSI: líder mundial em Marketing Digital

A WSI é hoje uma marca global e, com certeza, nos traz benefícios a partir disso. A gente sabe que o Marketing Digital, mais do que uma tendência, é uma realidade hoje no Brasil e no mundo, principalmente fora do país.

O Brasil ainda vem em expansão com muitas oportunidades. E a WSI é um player internacional importante, por isso, é um chamariz para a atração de clientes.

Estar com a WSI traz uma série de benefícios. A parte de treinamentos é muito importante porque desde o início somos acompanhados nessa jornada. Então, mesmo que a pessoa ainda não tenha uma vasta experiência no Marketing Digital, com certeza haverá esse apoio para que seja possível se capacitar cada vez mais.

Estar com a WSI é fazer parte de uma rede internacional e isso é muito valoroso porque nos permite trocar experiências com pessoas do nosso país e de países com realidades diferentes.

O Marketing Digital como negócio altamente rentável

O Marketing Digital abre porta com clientes aqui no Brasil. Por mais que as pessoas possam, por muitas vezes, não conhecer a WSI como emprega global, assim que elas vão pesquisar elas entendem que se trata de uma rede internacional gigante, presente em mais de 83 países.

Isso dá uma credibilidade como consultor que outras empresas, do meu ponto de vista, não têm.

Mais do que futuro, o Marketing Digital é presente. As empresas que não investem hoje no Marketing Digital estão atrás dos seus concorrentes.

 

 

 

 

  linkedin.pngfacebook-1.pngtwitter.png email: caio@wsiconsultoria.com

 

Na primeira entrevista desta série com o Especialista em Marketing Digital da WSI, Chuck Bankoff, aprendemos como ele decidiu se tornar um marketeiro e porque escolheu a WSI.

Nos conte um pouquinho sobre você, Chuck:

Eu nasci e vivi em Nova York quando, aos 22 anos,  decidi me mudar para o sul da Califórnia, junto com dois amigos. Permaneci na Califórnia toda minha vida adulta, onde casei e, junto com minha esposa, criamos dois filhos.

 

Porque você decidiu se tornar um Consultor Digital e se juntar à WSI?

Na época eu estava trabalhando para uma empresa aeroespacial de grande porte e era encarregado de certos “Projetos Especiais”. Um desses projetos especiais foi de implantar a terceirização de nossos empregos (inclusive o meu) em outros países. Na indústria aeroespacial, toda empresa é uma empreiteira ou subcontratada de empresa pública ou para projetos comerciais. Logo, todas essas empresas estão contratando ou demitindo ao mesmo tempo.

Eu decidi sair desse ciclo e ser proativo, explorando outras oportunidades. Eu nunca tinha tido meu próprio negócio, então eu estava procurando algo seguro. Comecei então a olhar para diferentes franquias. O que fez mais sentido para mim foi a WSI, pois na época era uma das poucas oportunidades em que eu não precisava de muita coisa, além de um computador e um telefone para poder começar a oferecer meus serviços. Eu também tive a liberdade de montar meu próprio escritório, com minhas preferências, e assim trabalhar fora de casa. Além disso, é claro, em 1999, essa coisa da Internet parecia que poderia realmente se tornar algo importante.

 

Qual o maior valor que você tira da WSI?

Agora é um pouco diferente do que quando comecei. Lembre que eu estou na WSI há quase 20 anos, então a importância para mim pode ser diferente do que aquela para alguém que está começando.

Para mim, o principal valor é a rede, ser capaz de pegar o telefone e trocar idéias e melhores práticas com outros consultores que são meus colegas. Outros consultores com histórico de sucesso e em quem confio.

O outro grande valor que reconheço da WSI é o eMarketplace, onde tenho acesso a alguns dos principais fornecedores da indústria. Estas são empresas que eu poderia contratar por conta própria mas, por eu ser parte da rede WSI, tenho melhores preços. Além disso, sempre obtemos um nível mais alto de acesso aos profissionais desses fornecedores. Por exemplo, muitas vezes recebemos serviço de alto nível por sermos uma corporação, mas a preços muito em conta. Sem dizer que também temos sempre uma pessoa totalmente dedicada na empresa. Isso vale ouro!

Em que mercado você atuava antes de começar seu negócio WSI? 

Antes de começar na WSI, eu liderava a área de treinamento em uma unidade da Honeywell. Fiz muita consultoria, interações e projetos especiais, que me deram muito conhecimento para minha futura consultoria.

Chuck, obrigado por compartilhar toda essa sua experiência. Será ótimo podermos voltar a conversar a aprender mais sobre sua carreira e seu negócio. 

 

Texto original: https://www.wsifranchise.com/blog/interview-with-veteran-digital-marketer-chuck-bankoff?utm_content=94992497&utm_medium=social&utm_source=linkedin&hss_channel=lcp-166982

 

 

Tradução por Caio Cunha, WSI Master Brasil.

  linkedin.pngfacebook-1.pngtwitter.png email: caio@wsiconsultoria.com

 

Sobre o autor

 

A WSI foi fundada em 1995, quando começou a operar seu sistema de marketing digital de sucesso, estruturado como franquias para profissionais de negócios em todo o mundo. Reconhecida como uma fornecedora global de soluções de marketing digital, desenvolveu importantes parcerias estratégicas, que, por sua vez, ampliaram e fortaleceram a sua rede de soluções digitais. Para mais informações sobre as oportunidades como Franquiado da WSI, entre em contato conosco pelo email: administrativo@franquiawsi.com.br

Website: http://www.franquiawsi.com.br

Email: administrativo@franquiawsi.com.br

Ana Paula Braz é formada em administração de empresas com especializações no Insper e na FIA. A profissional possui 15 anos de experiência em Marketing e Planejamento Estratégico em empresas nacionais e internacionais.

Ana Paula está com a WSI desde 2014, atuando em empresas de tecnologia, serviços profissionais e bens de consumo.

Conheça mais sobre a sua história de empreendedorismo a seguir:

O caminho para empreender

Antes de entrar para a rede da WSI, eu trabalhei por 10 anos em consultorias e grandes empresas nacionais e internacionais. Passei por algumas áreas diferentes, mas sempre realizei um trabalho ligado ao planejamento estratégico.

Eu sabia que em algum momento da minha vida eu ia querer empreender, mas não sabia direito quando e nem como exatamente eu iria fazer. Mesmo porque eu não tinha nenhuma referência familiar ou de pessoas próximas a mim que fossem empreendedores.

Para mim, o motivo principal de escolher esse caminho é a liberdade de fazer do jeito que eu acho que as coisas devem ser feitas e da maneira que eu me sinto melhor. Então eu decido o meu dia e aquilo que eu quero fazer.

Eu faço o que gosto e sinto que posso ajudar essas empresas de alguma forma, além de ter essa diversidade que me agrada.

As possibilidades que a WSI abriu

Eu comecei a pesquisar algumas alternativas e aí eu cheguei até a WSI. O que me chamou atenção foi a possibilidade de eu empreender, mas fazendo algo próximo do que já fazia antes e fazia bem.

Eu já trabalhava com gestão de projetos e com consultorias e já atendi clientes. Eu já lidei com segmentos diferentes e eu enxerguei na WSI essa possibilidade.

Eu cheguei na WSI, no final de 2013, praticamente sem saber nada sobre Marketing Digital. Como foi a minha primeira experiência, o treinamento que eu fiz lá no Canadá foi muito válido.

Tem muita coisa acontecendo sempre nesse mercado, então eu acho que ninguém sofre de falta de informação na WSI.

Você faz parte de uma rede, então, há outros profissionais e referências com contato fácil e muito incentivado pela WSI. Quando eu precisei identificar pessoas que tinham feito determinados projetos ou que poderiam me ajudar de determinada forma, o suporte da WSI foi importante para isso.

A WSI é uma rede global que está presente no mercado há mais de 20 anos. Eu vejo valor nisso e eu sinto que eu consigo passar esse valor para as pessoas com quem eu converso. Eu acho que isso é um cartão de visitas: você já chega no cliente com uma bagagem.

O mercado digital

Eu sinto que tem muito espaço para crescer ainda, mesmo eu estando em São Paulo, o principal centro financeiro do país.

Eu tenho clientes que nunca tinham investido em Marketing Digital, que desconheciam o assunto e que passaram a investir. E eu falo de empresas já consolidadas, com muitos anos de mercado e com uma carteira grande de clientes.

 

 

 

  linkedin.pngfacebook-1.pngtwitter.png email: caio@wsiconsultoria.com

 

Fernando Alves fez carreira em grandes bancos no mercado de meios de pagamento.  Em 2015, deu voz à seu lado empreendedor e, em parceria com o seu sócio Bruno Moraes, se juntou à WSI, fornecendo estratégias digitais principalmente para o mercado B2B.

Conheça mais sobre a história de Fernando no mundo do empreendedorismo a seguir!

Empreendedor para viver, viver para empreender

Eu sou administrador de empresas por formação, graduado e pós-graduado, e minha carreira toda foi em cima da área de cartões de crédito.

Eu sempre tive muita vontade de empreender e estava precisando mudar de vida. Então, a minha decisão pelo empreendedorismo foi por uma mudança de qualidade de vida e de cidade.

Você tem muito mais liberdade, você faz os seus horários, você tem toda a autonomia de tomada de decisão. Mas você também nunca pára de ser o seu negócio.

A gente acaba aprendendo muito, então essa parte é muito gostosa em nosso trabalho.

Na hora que você chega em um cliente e começa a trabalhar com ele, você começa a aprender sobre aquele negócio que até então você nunca tinha tido contato. E isso é muito satisfatório. É muito gostoso você estar sempre aprendendo coisas novas.

A WSI como base para tirar os planos do papel

Eu fui buscando assuntos e negócios que tinham muito a ver comigo. E a questão da internet e do marketing sempre foram muito presentes na minha vida. A partir disso, resolvi ter um negócio ligado ao digital. Nessa procura, acabei encontrando a WSI.

O treinamento inicial, principalmente, foi algo que me marcou muito. Ele te dá toda a capacitação para você iniciar o seu negócio. Então, você acelera muito a sua curva de aprendizado com esse treinamento da WSI.

O início de qualquer negócio é muito difícil, é tudo muito novo. E a estrutura da WSI te dá um suporte muito interessante neste início de jornada.

A participação na rede da WSI talvez seja o valor mais perene que a gente tem. Eu acho que essa é uma riqueza que a gente não encontra em outras agências.

A abrangência internacional da WSI traz um peso muito grande no momento em que nos apresentamos para potenciais clientes. Trazer estrutura global para o negócio deles aqui tem um valor imensurável.

O mercado digital

Você está entrando forte no mercado com uma grande base de conhecimento, ao contrário de muitos dos concorrentes, que são agências tradicionais que acabam fazendo parte do digital porque os clientes estão começando a demandar isso.

A gente tem muita oportunidade de mercado. Com o conhecimento e bagagem que a gente traz, isso abre portas!

 

 

 

 

  linkedin.pngfacebook-1.pngtwitter.png email: caio@wsiconsultoria.com

 

 

 

Marco Marmo é professor de MBA na FGV, pós-graduado e Mestrando em Comunicação e Marketing na USP e co-autor do livro “Digital Minds”.

Marco é Consultor de Marketing Digital da WSI no Brasil e seus principais serviços são de SEO, Mídias Digitais, Mídias Sociais e Inbound Marketing.

Confira, a seguir, uma entrevista com Marco em que ele conta como é ser um Consultor WSI e fala mais sobre o mercado de Marketing Digital.

 

A trajetória de Marco Marco no empreendedorismo

Eu tenho formação na área do Agronegócio e, antes de entrar para a rede da WSI, eu havia trabalhado para grandes empresas do segmento, sempre na área de planejamento e financeira. Mas eu não tinha nenhum conhecimento ainda no Marketing Digital.

Eu acho que uma das principais satisfações em você ser dono do seu próprio negócio é você ser responsável por suas próprias decisões. A flexibilidade que você tem de trabalhar a mais se assim for necessário, a flexibilidade de estruturar o seu negócio, desenvolvê-lo e conduzi-lo para onde você acredita ser o melhor caminho.

Você ter a oportunidade de falar com decisores de empresas, sejam diretores, CEOs ou gerentes, e contribuir para a realização de resultados dessas empresas, sejam elas pequenas, médias ou grandes, me traz uma satisfação muito grande de fazer parte da solução para o desafio deles.

Como foi começar a trabalhar com a WSI

Na época, existiam algumas oportunidades. Já se vão 7 para 8 anos e, quando eu soube que existia uma empresa global, Canadense, que apoiava o desenvolvimento de franqueados no Marketing Digital, me chamou muita atenção.

Quando eu entrei na WSI, eu não tinha nenhum conhecimento em Marketing Digital. E durante todos esses anos, foi muito importante o direcionamento que a WSI me deu para eu encontrar quais eram os caminhos e as soluções mais adequadas. Como essas soluções iam se desenvolver, como ia ser minha abordagem com o meu cliente final.

A WSI sempre contribuiu com a parte de treinamentos, com suporte à marca, com materiais e desenvolvimento. Ela tem essa preocupação muito grande em ver o seu franqueado se desenvolver e, inclusive, reconhece isso.

Por a WSI ser uma rede internacional e estar presente em mais de 80 países, a gente tem um acesso muito fácil. A WSI se torna uma grande família.

O mercado de Marketing Digital

O Marketing Digital é algo ainda muito novo. E, por ser novo, você ainda não tem muitas empresas estabelecidas com uma reputação e com muita credibilidade. E a WSI, por ser uma empresa com mais de 20 anos, com presença global em mais de 80 países e mais de mil escritórios, me abre muitas portas.

Em um ambiente ainda tão jovem e tão em desenvolvimento, isso tem me ajudado bastante e agrega muito valor fazer parte dessa rede.

 

 

 

 

  linkedin.pngfacebook-1.pngtwitter.png email: caio@wsiconsultoria.com

 

Hoje temos uma entrevista muito interessante para vocês. Nos últimos três anos, Neal Lappe tem liderado a relação das franquiasWSI com maior faturamento, quando comparado à todas as unidades WSI no mundo.

Nessa entrevista, vamos conhecer os segredos de como estruturar uma franquia de marketing digital sólida e sustentável. Vamos à entrevista:

 

Nos conte um pouco sobre você e onde está localizado?

Estou casado com a mesma esposa há 42 anos. Sou pai de duas filhas já adultas e tenho 4 netos. Estou no crepúsculo da minha carreira profissional e tenho duas empresas – uma agência de marketing e uma empresa de consultoria de vendas. Mesmo não tendo grande experiência em vendas, descobri que tenho aptidão para vendas o que me ajudou muito para atingir meu sucesso profissional. Antes da WSI, eu era um profissional na área de recursos humanos, onde atuei por mais de 10 anos. Depois assumi posições de gerência geral e gestão de operações, até me tornar diretor executivo na antiga Circuit City Stores, uma empresa que na época chegou a faturar +US$ 10 bilhões  por ano, como revendedora de produtos eletrônicos para consumidores finais. Eu sou originalmente de St. Louis, morei em Ohio por 3 anos e me mudei para Richmond Virginia, onde estou a 33 anos e considero minha casa.

Numa fase de reestruturação e redução de custos na Circuit City, minhas responsabilidades foram consolidadas e eu me vi iniciando uma nova fase na minha carreira. Eu tinha interesse na internet e, ao conhecer a WSI, achei interessante o conceito de consultoria digital.  O modelo de negócios era bastante flexível e o investimento não era nada excessivo demais. Eu decidi entrar na WSI e minha experiência nos últimos 15 anos superou em muito minha expectativas.

Nos conte um pouco mais sobre seu emprego antes da WSI?

Eu liderava e tinha responsabilidade por uma divisão operacional da Circuit City, com faturamento de US$200 milhões, 41 unidades e 3.000 funcionários, ao redor dos EUA. A minha divisão tinha responsabilidade por todas as atividades pós-vendas, como suporte a clientes, distribuição, produtos e serviços.

Quem ajudou a influenciá-lo na decisão de começar um negócio próprio?

Eu nunca estive próximo de empreendedores antes de me tornar um, logo não consigo identificar nenhum exemplo que pode ter servido de orientador, na época, nesse sentido. Quando eu tive saí da Circuit City, era uma questão de sobrevivência. Achei que era o melhor momento para tentar algo próprio e por isso decidi montar o meu próprio negócio.

Há quanto tempo está na WSI?

Em Janeiro 2019, fez 15 anos.  

Descreva uma semana típica de trabalho para você?

Minha situação é um pouco diferente, pois tenho um profissional que coordena e executa a franquia de marketing digital WSI. Isso dito, minha semana inclui mais tempo trabalhando diretamente com clientes nas suas estratégias de marketing e vendas e respectivos planos de negócios. Eu  estou, frequentemente, com potenciais clientes para ouvir quais são suas visões de negócios e avaliar se eu posso ajudá-los a realizar esses sonhos. Eu dedico a maior parte do meu tempo liderando a minha empresa de consultoria de vendas, e ajudando no planejamento estratégico e coordenação das atividades do meu negócio WSI.

Que aspectos importantes observou desde que se juntou à WSI?

Eu não gosto de falar bem de mim mesmo, mas já que está perguntando, aqui vai. Primeiro, eu consegui atingir níveis no meu negócio WSI que nunca teria imaginado possíveis. Além da flexibilidade que tenho por ser meu  próprio chefe, eu ganho muito mais do que jamais teria ganho no mundo corporativo. Eu gerei mais riqueza para minha família do que jamais imaginei possível. Eu pude dar à minha família coisas que nunca imaginava possível. Além desses benefícios pessoais, fomos reconhecidos no mercado de diversas formas ao longo dos anos. Isso inclui:  

Quais são os principais obstáculos que enfrenta ao gerir seu próprio negócio e como os tem administrado?

  1. Desenvolvendo um motor de vendas & marketing para crescer continuamente ano a ano
  2. Decidindo o que terceirizar e o que continuar fazendo dentro da empresa
  3. Assegurar que contratamos as pessoas certas e guiá-los corretamente, nutrindo uma cultura de excelência, suporte a clientes e crescimento.

Quais são as melhores qualidades que você oferece à sua empresa?

Primeiro, eu admito ter o mesmo número, ou até mais, de falhas ou erros como a maioria das pessoas. Isso dito, acho que as seguintes qualidades contribuíram para o meu sucesso: habilidades em vendas e comunicação, habilidades em liderança, desejo insaciável de crescer e melhorar, reconhecimento de que precisamos investir em nós mesmos e em nosso pessoal, permanecendo paranóico sobre o futuro de maneira que nos desafia e assim nos obriga a evoluir, contratando as pessoas certas, ouvindo os outros e continuar comprometido em ajudar os outros a se tornarem melhores versões de si mesmos.

Que metas você tem para si mesmo e o que deseja atingir no próximo ano?

Quero achar o equilíbrio: certo de crescimento do meu negócios e crescimento pessoal. Tenho dedicado muito esforço nos últimos 15 anos e agora desejo agora achar um equilíbrio entre a vida profissional e a pessoal, que muito me satisfaz.

Como você se vê daqui a 5 anos?

Trabalhando 3 dias por semana, dedicando mais tempo com meus netos, viajando ao redor do mundo, com minha esposa, para ver e conhecer coisas que nunca fizemos antes.

Que recomendações você daria um novo consultor WSI?

Eu diria o seguinte:

  1. Dedique o máximo de tempo à vendas, pois pouco pode-se fazer se dinheiro não estiver entrando pela “porta da frente”.
  2. Invista na sua equipe e prepare a equipe para crescer. Ajude a sua equipe a atingir seu potencial máximo.
  3. Seja um Consultor de Confiança aos seus funcionários, seus clientes, seus possíveis clientes e sua comunidade
  4. Desenvolva suas habilidades em comunicação e vendas. Se isso significa ter aulas e ler livros, dedique esse tempo.

Qual é o seu lema pessoal?

“ Só os paranóicos sobrevivem”

Se fôssemos a um “happy hour” , o que você pediria?

Isso é fácil, um Jack Daniel´s com Coca Diet

Se pudesse estar em qualquer lugar que não fosse aqui conversando comigo, nesse minuto, onde gostaria de estar?

Eu estaria sentado ao lado da minha esposa, Peggy, que tanto amo, fazendo alguma coisa divertida para nós dois.

 

Texto original: https://www.wsifranchise.com/blog/interview-with-neal-lappe-wsi-consultant-from-richmond-virginia

 

 

Tradução por Caio Cunha, WSI Master Brasil.

  linkedin.pngfacebook-1.pngtwitter.png email: caio@wsiconsultoria.com

 

Sobre o autor

 

A WSI foi fundada em 1995, quando começou a operar seu sistema de marketing digital de sucesso, estruturado como franquias para profissionais de negócios em todo o mundo. Reconhecida como uma fornecedora global de soluções de marketing digital, desenvolveu importantes parcerias estratégicas, que, por sua vez, ampliaram e fortaleceram a sua rede de soluções digitais. Para mais informações sobre as oportunidades como Franquiado da WSI, entre em contato conosco pelo email: administrativo@franquiawsi.com.br

Website: http://www.franquiawsi.com.br

Email: administrativo@franquiawsi.com.br

 

 

Hoje entrevistamos Mike e Joe Naylor. Mike vem de uma formação militar e depois de muitos anos, decidiu atuar como empreendedor em um negócio próprio. Ele compartilha sua história abaixo.

 

 

 

François: O que você fez antes da WSI?

Mike: Eu era um oficial de inteligência das Forças Especiais do Exército dos EUA. Eu estive três vezes no Afeganistão, e dava apoio de inteligência para incursões noturnas dos EUA e Afeganistão, com alvos nesse país. Quando isso desacelerou, fui designado para ensinar economia na Academia Militar. Decidimos, nessa época, que sairíamos do exército e nos re-estabeleceríamos profissionalmente. Foi quando comecei a buscar outros desafios profissionais.

 

Então, depois de educação, você começou a pensar em fazer outra coisa. Eu entendo que você olhou para uma série de opções, correto? O que fez você escolher a WSI como oportunidade profissional?

Eu analisei várias alternativas, desde trabalhar numa corporação até várias outras franquias. Em última análise, para mim, foi “com quem desejo despender meu tempo”? Nas forças armadas, eu estava sempre trabalhando com pessoas afiadas que não tinham medo de correr riscos. Entendia que o mais parecido no mundo atual de negócios é o de pequenos empresários, e este foi o principal fator decisor que influenciou na minha escolha.

 

Gostei da maneira como você associa os “pequenos empresários” com os militares onde trabalham pessoas que não têm medo de correrem risco. Eu me vejo bem nessa comparação, embora eu tenha me limitado a um treinamento militar, sem nunca ter ido para guerra. Quem foi seu maior influenciador no processo decisório para a compra de uma Franquia de Marketing Digital?

Liguei para oito ou nove franqueados da WSI. O que realmente se destacou para mim foi Ken Kelly. Eu estava tentando falar com seu sócio Ryan, mas Ken foi com quem falei e ele estava muito seguro de si. Ele já tinha tido sucesso em outro negócio antes da WSI, mas teve muita coisa para me contar sobre o que fez a WSI ser a escolha certa para ele e para a sua empresa.

 

Ken e Ryan são ótimos, pai e filho. Isso indica que a influência e orientação de Ken, com certeza, ajudou Ryan a desenvolver suas qualificações no marketing digital. O que o atraiu a ter seu próprio negócio?

Eu quero construir algo independente que tenha valor para mim. Algo que meus filhos possam assumir depois. Eu quero ter uma empresa onde as pessoas possam se orgulhar do que fazem, onde possam ganhar bem e onde possam se sentir valorizadas como pessoa. Além disso, depois de mais de uma década trabalhando para o governo, eu estava cansado de trabalhar para o país e queria trabalhar para mim.

Sempre é preciso muita fé para deixar algo que você conhece e com o qual se sente confortável. A oportunidade de construir valor para mim mesmo e poder trabalhar duro e ganhar mais foi exatamente o que me fez decidir começar algo próprio. Como foi seu primeiro dia de treinamento no Home Office (sede da WSI no Canadá)?

Com a mudança no fuso horário, acordei bem cedo para chegar na hora no treinamento em Toronto. Só que quando cheguei tudo estava trancado – eu tinha chegado uma hora cedo demais. Em seguida, os demais novos consultores foram chegando, nos conhecemos e conversamos muito. Aí que o Raj entrou na sala e começou a transmitir toda a sua energia.  Foi uma ótima experiência!

Qual foi a melhor coisa que você aprendeu no Home Office?

A semana foi tão lotada de informações e de pequenas dicas que fica difícil escolher o melhor aprendizado. Eu diria que saber identificar a dor do empresário é a chave para convencê-lo a tirar o talão de cheques da empresa do bolso.

 

Eu ouvi muitos consultores da WSI dizerem que o treinamento do Home Office é como um grupo de estudo – muitas informações a serem absorvidas -, e você acaba sabendo a quem procurar ajuda em qualquer assunto relacionado ao seu negócio. Você mantém contato com os seus colegas de treinamento? E com os treinadores?

Criamos um grupo do WhatsApp para podermos conversar e agora também o usamos para fazer comentários brincalhões durante os treinamentos on-line. Um colega da minha turma, em particular, tem sido ótimo – Dave Johnson (nota do editor: você pode conferir nossa entrevista com Dave Johnson aqui) que tinha muito bons conselhos sobre networking e outras coisas. Temos continuado nossas conversas desde então, talvez, uma vez por mês.

É essa a principal diferença no nosso negócio. Você não simplesmente começa sozinho e dá andamento no seu negócio por conta própria. Você constrói ótimos relacionamentos e faz parceria com profissionais experientes no mesmo ramo de negócio, sem ter medo de competir ou revelar quaisquer segredos. O uso da rede WSI é uma grande vantagem competitiva em relação a outras empresas de marketing digital.

 

Qual o impacto que essa decisão teve em sua vida?

Eu estou em casa quando meus filhos chegam da escola. Eu me preocupo muito mais com meu desempenho. Eu gasto horas por semana em auto-aperfeiçoamento, e muito mais tempo nas mídias sociais. Eu também me sinto livre para realmente definir minha própria agenda, para escrever minha própria missão, e para realmente ser quem eu quero ser.

Essa é a liberdade que muitos de nós buscamos. É ótimo definir sua própria agenda, mas você ainda tem que trabalhar duro. O que eu gosto é o aprendizado contínuo nesse setor e a criatividade que nos  acompanha.

 

O que há de mais no seu país que outras pessoas podem não saber?

Eu cruzei os EUA de carro, de costa a costa,  várias vezes e, apesar de muitos dizerem o contrário, para mim, os EUA são apenas 3.000 milhas de pessoas que comem nos mesmos restaurantes, usam as mesmas roupas e dirigem os mesmos carros. Fora isso, temos o New York Yankees.

Isso é interessante. Aqui na África do Sul temos 11 línguas oficiais, então se eu viajar 800 milhas cruzando o nosso país, eu vou sentir como se estivesse passado por 11 países diferentes. Mas, como você vê nos EUA, todos comem nos mesmos restaurantes.

Que habilidades você traz para o seu negócio que o empolgam?

Eu fico muito à vontade para conversar com as pessoas sobre qualquer coisa. Eu sou uma pessoa naturalmente curiosa, então conversar é algo que vem naturalmente para mim. Entrevistar um empresário para descobrir e ajudar a resolver a dor do seu negócio é algo que eu realmente aprecio.

 

Estar aberto à fazer networking é fundamental para ter sucesso neste negócio. Quanto mais interagimos com os empresários, mais construímos nossa expertise e reputação. Tudo isso ajuda para futuras referências.

Você tem outros parceiros / funcionários na sua empresa?

Eu convidei meu irmão Joe para se juntar a mim. Ele é um desenvolvedor da Web há muito tempo, então ele foi um parceiro natural.

 

Parece que você tem habilidades que complementam muito bem as do seu irmão, para este negócio.

Que planos você tem para os próximos 12 meses?

Eu realmente quero identificar o melhor segmento de negócios e entrar de cabeça. As empresas de serviços encontram muitas oportunidades nesses nichos.

 

Esse é um bom plano, dê foco e consolide a sua marca. Muitos consultores WSI tem foco em verticais específicas e Eric Cook, por exemplo, atua como especialista no setor bancário.

O que você diria a outras pessoas que estão pensando em ingressar na WSI?

Pela primeira vez, você é o negócio. Se você achar que os empresários confiam em você e gostam de trabalhar com você, e você vai se esforçar ao máximo no seu trabalho, então não há como você falhar. Leia Robert Frost sobre a Estrada Menos Percorrida.

 

Obrigado pela dica do livro, tenho certeza que muitos de nós gostariam de ler. Onde você se vê e vê sua empresa em 5 anos?

Eu quero usar os próximos anos para refinar nosso sistema, e após 5 anos, eu quero atender ao mercado  nacional. Eu sempre disse que o meu objetivo é passar a ter, em até 5 anos, uma renda anual de US$250 mil.

 

Esse é uma ótima meta e bastante factível. Você deve falar com Neal Lappe e outros das 25 unidades WSI com melhor atuação (25 Top Performers) para aprender como eles construíram seus negócios de mais de um milhão de dólares. Se você fosse compartilhar uma informação com seus leitores hoje, qual seria?

Além do assunto que mencionei acima de riqueza nos nichos? Leia livros, leia livros, leia livros. A informação on-line está muito automatizada e sucinta que fica difícil reunir todo o conhecimento desejado.

 

Como gosta de aproveitar suas férias?

Acampar é um dos meus favoritos. Eu amo estar ao ar livre, seja qual for o clima.

Vejo que temos algo em comum – eu passo cerca de 3 meses do ano acampando em uma caravana. Nós o chamamos de nosso escritório móvel!

Se fôssemos a um happy hour, o que você pediria?

Coca Diet. Eu não bebo.

 

Nada de errado com uma Coca Diet. Eu tomo isso misturado com Jack Daniel’s 🙂

Se você pudesse estar em qualquer outro lugar que não aqui falando comigo – neste exato minuto, onde você estaria?

Motociclismo. Eu estaria explorando uma estrada de terra numa montanha no oeste americano.

 

Isso mostra que você gosta de um tempo para você mesmo, ficando sozinho.

Obrigado a vocês dois por compartilhar suas experiências comigo. Tenho certeza de que essa entrevista será valiosa para qualquer militar que esteja considerando iniciar um novo negócio e agradeço os insights que você compartilhou sobre como deu esse “salto de fé”.

 

 

Tradução por Caio Cunha, WSI Master Brasil.

  linkedin.pngfacebook-1.pngtwitter.png email: caio@wsiconsultoria.com

 

Texto original: https://www.wsifranchise.com/blog/interview-with-new-consultants-michael-and-joe-naylor

 

Sobre o autor

 

A WSI foi fundada em 1995, quando começou a operar seu sistema de marketing digital de sucesso, estruturado como franquias para profissionais de negócios em todo o mundo. Reconhecida como uma fornecedora global de soluções de marketing digital, desenvolveu importantes parcerias estratégicas, que, por sua vez, ampliaram e fortaleceram a sua rede de soluções digitais. Para mais informações sobre as oportunidades como Franquiado da WSI, entre em contato conosco pelo email: administrativo@franquiawsi.com.br

Website: http://www.franquiawsi.com.br

Email: administrativo@franquiawsi.com.br

 

Um dos maiores benefícios que ouvimos dos Consultores da WSI Internet Consultants, é a camaradagem que existe entre a rede de consultores espalhada pelo mundo e o Home Office (sede da WSI em Toronto).

Você ouve com frequência a expressão “Família WSI” quando nos encontramos em vários momentos ao longo do ano. Isso não é apenas algo que dizemos – muitas vezes nossas conversas continuam de um evento para o outro, e é uma parte incrível e gratificante desta franquia.

Hoje, vamos começar a entrevistar consultores em toda a rede mundial da WSI e analisá-los em nosso blog, como uma forma de nos conhecer melhor.

 É com grande prazer que apresento a você, Mel e Nick Gard, da África do Sul.

Oi Mel, muito obrigado por aceitar esta entrevista – estamos entusiasmados em saber mais sobre você e Nick.

Conte-nos um pouco sobre você e onde você está localizado.

Somos um casal de Durban, na África do Sul, com dois filhos (de 6 e 10 anos).

Por que você quis se tornar um Consultor de Marketing Digital?

Antes da WSI, éramos donos de restaurantes e esse modelo de negócio nos atraía para que pudéssemos trabalhar de qualquer lugar do mundo. Poderíamos nos ater ao horário comercial normal. Para ser honesto, quando encontramos a WSI pela primeira vez, não sabíamos NADA sobre marketing digital! Nosso restaurante nem tinha um site 🙂

Conte-nos sobre alguém que os influenciou na decisão de iniciar seu próprio negócio

Nick me arrastou para o negócio de restaurantes. Ele começou seu próprio negócio para conseguir residência permanente na África do Sul. Depois de ser seu próprio patrão, encontrar um emprego não é mais uma opção, então sabíamos que, quando chegasse a hora, encontraríamos algo novo. E foi aí que encontramos a WSI.

Há quanto tempo você está na WSI?

Nós começamos nosso negócio em novembro de 2009. Então fazem 9 anos este mês!

 

Descreva uma semana típica de trabalho

Sempre começamos nossa segunda-feira com uma reunião de equipe – revisamos o status de cada cliente, nos atualizamos quanto ao andamento dos respectivos projetos, discutimos ideias. Nick passa muito tempo fora do escritório, se reunindo com clientes e prospects. Mel fica no escritório focada nos projetos, mas participa também de atividades de networking e palestras. Nossos filhos estão frequentemente no nosso escritório à tarde. Nós tentamos sempre terminar as sextas-feiras tomando uns drinks para relaxar antes do fim de semana.

Quais os destaques que você teve desde que se juntou à WSI?

A África do Sul está muito longe de todos os lugares, então participar da Convenção Global em 2010 foi um grande destaque para nós, e um que realmente queremos repetir em breve! Além disso, abrir a nossa segunda unidade em Londres foi uma grande conquista – e um grande desafio!

Quais foram os maiores obstáculos que enfrentaram enquanto gerindo seus negócios e como foram superados?

Aprender toda uma nova indústria foi um grande desafio, mas a rede WSI nos ajudou muito. Além disso, cometemos muitos erros, mas aprendemos com eles! Também tivemos um período difícil em que passamos por uma séria crise de fluxo de caixa e quase falimos – a matriz da WSI foi incrível durante esse período, muito prestativa e gentil!

O maior desafio que encontramos hoje é a lacuna que existe no entendimento do nosso mercado e os serviços que oferecemos – investimos muito tempo educando prospects e clientes para que eles compreendam bem o que é possível e o que não é.

Quais são as melhores habilidades que você traz para o seu negócio?

Nick é destemido e direto quando se trata de lidar com prospects e clientes, e é muito motivado para crescer o negócio. Mel tornou-se muito mais focada nos aspectos técnicos e sua força é a comunicação e a criação de ideias.

Que meta você traçou e deseja atingir no próximo ano?

Queremos expandir nosso escritório em Londres para ter no mínimo 20 clientes recorrentes e aumentar o faturamento do nosso escritório na África do Sul em pelo menos 40%.

Onde você se vê daqui a 5 anos?

Viajando muito mais globalmente e dedicando a maior parte do nosso tempo trabalhando no crescimento dos negócios, em vez de “dentro” dos negócios.

Que conselho você daria a um novo Consultor WSI?

Falha rápido e falha em frente! Assuma os trabalhos e depois descubra como entregá-los e aprenda com os inevitáveis ​​erros que você cometerá. Participe de grupos de Networking sempre que puder e construa uma sólida reputação desde o primeiro dia.

Qual seria o seu lema pessoal?

Acordar, Ralar, Ser Gentil, Repita

Se fôssemos a um happy hour, o que você pediria?

Mel pediria vinho ou G & T, Nick pediria cerveja ou uísque.

Se, neste exato minuto, você pudesse estar em qualquer outro lugar que não aqui falando comigo, onde você estaria?

No meio do parque Kruger procurando leopardos. Ou passeando em Roma. Roma é bom.

 

 

Muito bem, aí está! Sinta-se à vontade para entrar em contato com Mel e Nick Gard, da África do Sul. Eles têm muita experiência que podem compartilhar com outros consultores de marketing digital da WSI.

Tópicos: Franquias, perfil de consultor digital

 

(tradução do blog: https://www.wsifranchise.com/blog/introducing-mel-gard-wsi-consultant-from-durban-south-africa)
Traduzido por Caio Cunha

  linkedin.pngfacebook-1.pngtwitter.png email: caio@wsiconsultoria.com

 

 

 

A WSI foi fundada em 1995, quando começou a operar seu sistema de marketing digital de sucesso, estruturado como franquias para profissionais de negócios em todo o mundo. Reconhecida como uma fornecedora global de soluções de marketing digital, desenvolveu importantes parcerias estratégicas, que, por sua vez, ampliaram e fortaleceram a sua rede de soluções digitais. Para mais informações sobre as oportunidades como Franquiado da WSI, entre em contato conosco pelo email: administrativo@franquiawsi.com.br

Website: http://www.franquiawsi.com.br

Email: administrativo@franquiawsi.com.br

Hootsuite-Solution    SEMPO-Member   Google-partner   Yahoo-bling    Hubspot    Constant-contact   Microsoft-partner