Como ter sucesso nos negócios em tempos de crise?

Em tempos de crise é uma jornada um tanto complicada manter o seu negócio ativo no mercado. A retração econômica tem ocasionado a falência de diversas empresas, em outros casos, a incerteza de futuro. Independente da situação, a falta de confiança no futuro faz que os clientes evitem comprar produtos os quais acreditam não serem estritamente necessários.

Para driblar essa situação, os empreendedores de sucesso tem desenvolvido uma série de técnicas. O objetivo mor é segurar os clientes demonstrando que vale a pena continuar adquirindo os produtos ou contratando os serviços oferecidos pela organização. Um ponto fundamental é deixar de lado a ideia de que a crise só oferece aspectos negativos, ao contrário do que se acredita, é possível achar boas oportunidades em meio a uma retração econômica.

Como crescer em tempos de crise?

Reconheça a situação da empresa e determine objetivos

Esta é uma dica super valiosa. Para que ela seja efetiva, é fundamental contar com o auxílio dos funcionários, isto é, é necessário confiar nos colaboradores e estreitar laços no intuito de aumentar vendar e gerar mais motivação.

Inove: não pare no tempo

Quando as vendas estagnam pode ser sinal de crise, mas também é um alerta para a organização. Ao detectar a diminuição do fluxo de vendas é indispensável efetuar a verificação da relevância do serviço/ produto para os consumidores.

Ao pensar em inovar, seja por meio de estratégias, seja por meio de uma repaginada no estoque, avalie a possibilidade de contar com toda a sua equipe. Certamente, várias cabeças funcionando em prol de um objetivo pensam melhor do que uma.

Fidelize clientes

Embora conquistar novos clientes seja indispensável para o sucesso da empresa no mercado, é indispensável contar com os clientes já ativos na loja. Para fidelizar essas pessoas é necessário apostar no bom relacionamento. Lembre-se que os novos clientes aparecerão quando eles percebam que os consumidores da sua empresa estão satisfeitos com o produto/serviço que você proporciona.

Monitorar o mercado

Não adianta lançar um produto incrível, se o mercado não apoia a ideia. Isto é, empreendedores de sucesso do segmento varejista procuram ficar de olhos abertos ao ambiente externo à empresa. A análise de mercado, principalmente no que tange a concorrência é indispensável para saber se as ações que você está realizando condizem com as necessidades do mercado.

Aposte na saúde do ambiente organizacional

Este ponto é um fator-chave que influencia diretamente o sucesso dos negócios. Um ambiente de trabalho bacana passou a ser uma necessidade para as empresas. A capacitação dos colaboradores e as melhoras implementadas no ambiente de trabalho são fatos que precisam ser analisados e priorizados.

Um ambiente saudável gera um aumento da produtividade, afinal, as pessoas gostam de ter o seu trabalho reconhecido pela empresa.
E você, sabe alavancar o seu negócio mesmo em tempos de crise? Deixe a sua resposta através dos comentários.

Como convencer clientes indecisos?

Encarar os clientes nem sempre é uma tarefa fácil. Na maior parte das vezes é preciso contar com o jeitinho brasileiro e buscar mil e uma formas de encantar os clientes, não é mesmo? Se você está precisando melhorar a sua relação com os clientes e ajuda-los a dizer o tão sonhado “sim” para a sua proposta, precisa conferir estas dicas para convencer clientes inseguros. Certamente, você conseguirá fechar bons negócios lançando mão destas dicas.

Encare objeções de uma forma light

Para conseguir resultados é preciso ter empatia. Saber se colocar no lugar dele é fundamental para se adiantar e conseguir vislumbrar questionamentos e dúvidas antes mesmo que elas venham a tona. Busque ter sempre a mão exemplos, evidências, fatos curiosos, enfim, tenha um arsenal de guerra.

A maior parte dos clientes emite objeções no intuito de ser ovacionado com razões incontestáveis pelas quais comprar o produto ou contratar o serviço. Testar o vendedor faz parte do processo de negociação e fechamento da aquisição.

Criatividade e imaginação são armas infalíveis

Embora todos os fatos sejam de grande valia na hora de fechar um negócio, oferecer uma situação ideal ao cliente é uma relevante alternativa na busca pelo sucesso do negócio. Faça o seu cliente imaginar como o produto ou serviço auxiliará na trajetória rumo à conquista do objetivo.

Por exemplo, você quer vender um pacote turístico a um homem que deseja comemorar o aniversário de casamento com o seu par… Faça o seu cliente imaginar como será uma viagem maravilhosa para a parceira e quão agradecida e feliz ela ficará com a sua iniciativa. Enfim, mexer com o emocional ainda é uma das melhores formas de convencer as pessoas que estão com dúvidas sobre o fechamento do negócio.

Saiba tudo sobre o seu cliente

Conhecer os consumidores é um passo importante rumo ao seu sucesso. Procure oferecer serviços agregados ao produto que proporcionem um esforço extra. Além disso, foque no atendimento e no seu comprometimento com os clientes. Compreenda os motivos que levam as pessoas a querer adquirir o produto ou serviço que você oferece. Veja quais são as prioridades das pessoas que compõem o público-alvo.

Como você pode perceber, convencer um cliente inseguro não é uma missão extremamente complicada, contudo, requer certos cuidados e muita força de vontade. A palavra estudar deve estar presente sempre, estudar as características dos clientes, estudar como eles gostam de ser atendidos, estudar quais são as suas expectativas perante o produto/serviço.

Benefícios de investir em uma franquia

É inevitável, sempre que alguém pensa em investir em um negócio próprio aparece a franquia como opção valiosa. São diversos os motivos que fazem da franquia uma alternativa rentável e certeira. A franquia é uma qualidade de negócio incrível para os investidores que desejam empreender sem se arriscar muito nessa nova empreitada. Se você está em busca de alternativas legais para investir, veja estas três vantagens incríveis das franquias.

Credibilidade garantida

Esta é uma das vantagens mais relevantes das franquias. A credibilidade é fruto do cadastro financeiro intacto do franqueador, além deste fato, o idealizador da franquia já cumpriu todos os passos necessários para posicionar corretamente a empresa no mercado, como consequência, o franqueado é reconhecido e bem visto no segmento de atuação.

O franqueado também terá chances de utilizar ao seu favor todas as vantagens competitivas do franqueador. Por exemplo, o franqueador é considerado como fornecedor do sanduíche mais gostoso do mercado? O franqueado assume esse reconhecimento, ou seja, as pessoas procuram a franquia buscando todo o sabor que o franqueador oferece aos consumidores.

Apoio do franqueador

Este ponto é extremamente importante para o franqueado. Embora a vantagem acima seja fundamental e super importante para conseguir bons resultados no mercado e adotar a franquia como uma opção valiosa, é importante ressaltar que o auxílio do franqueador é indispensável para a trajetória do empreendedor. Atualmente, um franqueado de um sistema de franquia formatada possui mais chances de vencer no mercado do que o proprietário de um negócio independente. Neste sentido, o franqueador atua colaborando no desenho do formato de negócio. Normalmente, o franqueador oferece treinamento e orientação.

Plano de negócio pré-definido

Sabe toda a incerteza causada por uma ideia nova de negócio? Esta não é registrada no inicio de uma franquia, visto que a rede já possui um planejamento de negócio definido no inicio da sua trajetória no mercado. Na maior parte das vezes, a ideia de franquear o negócio surge com o tempo de atuação do mercado e da atratividade do negócio tanto em termos de produto quanto no que concerne ao retorno financeiro. É importante contar com o franqueador e com o plano de negócios da rede, assim, é possível instalar e expandir o negócio contando com o menor risco financeiro.

Estes três pontos são apenas algumas das vantagens oferecidas pelas franquias. Além das informadas anteriormente, existem diversas outras vantagens como aumento da garantia de mercado, melhor análise dos custos com a implementação do negócio, economia de escala, chances de realizar pesquisas e se desenvolver no mercado, independência financeira e jurídica.

Como começar uma empresa

O primeiro passo é saber qual a melhor dentre as melhores franquias de marketing digital no mercado e para isso é imprescindível que se pesquise e converse com as empresas. Veja a credibilidade, o tempo de experiência, o que oferece e o valor que ela cobra. Depois disso é preciso saber como começar a trabalhar com o marketing digital.

Como falamos em outro artigo (Mulheres empreendedoras, como abrir uma empresa de sucesso!), hoje as mulheres empreendedoras querem possuir uma empresa de sucesso e para isso é essencial alguns cuidados ao contratar uma franquia:

Por que esses tópicos são importantes? Eles são importantes por um único motivo, levar sua empresa ao topo, fazer com que seu negócio prospere e renda não somente em faturamento, mas também em qualidade de vida é o que mais as mulheres procuram. Hoje, as mulheres possuem dupla, tripla ou quadrupla jornada de trabalho.

É trabalhando fora em expedientes de 8 horas, é estudando (faculdade, pós, cursos profissionalizantes), é cuidando de casa e dos filhos que não sobra tempo para nada. Por isso ter uma opção de renda onde o horário de trabalho é você que faz, as prioridades vão se invertendo. O marketing digital proporciona mais tempo com a família, possibilidade de trabalhar em casa, possibilidade de trabalhar enquanto viaja. E tudo o que precisa é um computador, acesso à internet e um telefone para poder trabalhar com mais eficácia.

Como o marketing digital vai alavancar minha agência?

Sua agência possui um estilo mais tradicional, mas precisa se interar do mercado atual, isto é a internet, para isso nada melhor que adquirir um modelo de negócios que é muito utilizado pelas agências de marketing digital. Quando se pensa em franquias de sucesso logo se vem a mente as melhores marcas e ao cogitar a possibilidade de ter uma franquia dentro de sua empresa é uma decisão que muitos estão tomando para alavancar os negócios em meio a crise.

Marketing Digital e minha empresa

O marketing digital já dominou o mercado mundial e como tudo hoje gira em torno do mundo virtual, é necessário se reciclar. Atualmente a maioria das pessoas pesquisam muito antes de comprar, entram na internet buscando as melhores ofertas para poder comprar mais ou comprar os melhores produtos, seja pelo computador, tablet ou smarphone, o marketing digital é de grande ajuda para o seu cliente, com as técnicas é possível colocar seu cliente em um posicionamento melhor no ranking de busca dos principais buscadores (Google, Bing e Yahoo!).

Visando oferecer serviços de qualidade para seus clientes, é primordial ao escolher uma franquia de marketing digital que seja referência no mercado. Uma marca com cases de sucesso, experiência na área, consultores que possam auxiliar em meio à algum problema e principalmente materiais para consulta elaborados pelos principais executivos da área.

A franquia da WSI possui um modelo de negócios único em marketing digital e por isso a melhor opção quando se trata de adquirir uma franquia de marketing digital. Com seus profissionais altamente qualificados trazendo sempre o melhor resultado para seu problema, materiais exclusivos para auxiliar no crescimento profissional, é uma franquia barata com credibilidade e está há mais de 20 anos no mercado trazendo as melhores soluções para o seu negócio.

Escolha por processo seletivo

O conselho elegeu o novo diretor com base em lista tríplice de profissionais brasileiros pré-selecionados por meio de processo conduzido pela empresa Korn Ferry, especializada em seleção de executivos.

O mandato do novo diretor será de três anos, podendo ser renovado. “Sua destituição somente poderá ocorrer por deliberação do Conselho de Administração, com quórum que conte com o voto de pelo menos um dos Conselheiros de Administração eleitos pelos acionistas minoritários ou preferencialistas”, diz a Petrobras.

Segundo Groster, a nova diretoria visa o “cumprimento de leis e regulamentos internos e externos”.

“Não é exatamente o que faz a nossa gerência executiva de auditoria, é um passo além. Passa a fazer parte do colegiado. Há convivência maior dos processos da companhia, além de muitas outras participações, atuações e responsabilidade”, explicou Foster durante a divulgação de dados operacionais do terceiro trimestre de 2014, em conferência com analistas e investidores.

Currículo do novo diretor

Segundo a Petrobras, o novo diretor foi diretor financeiro da Fibria Celulose, onde exerceu as funções de relações com investidores, controle e gestão de riscos e finanças.

Anteriormente foi diretor financeiro e de relações com investidores da operadora de telecomunicações NET. Também passou pelos cargos de diretoria executiva e financeira na operadora americana AT&T para o Brasil e América Latina, respectivamente. Além disso, o novi diretor trabalhou por 20 anos no Citbank, onde exerceu a posição de diretor financeiro na área de varejo.

É graduado em engenharia eletrônica pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, MBA em Planejamento de Marketing pela COPPE-AD/UFRJ e pós-graduado pela Columbia Business School Mergers and Acquisitions.

Ser o próprio chefe, empreender em algo próprio ou ser um empresário é o sonho e o objetivos muitas pessoas. Algumas apenas travam na hora de definir qual o tipo de negócio desejam e como faze-lo. E é nessa hora que optar por uma franquia pode ser uma boa opção.

Algumas pessoas nascem com o perfil nato de liderança e com objetivos e metas bem definidas, outros desenvolvem isso ao longo do caminho e alguns são levados pelo momento X da vida.  Não importa em qual momento resolveu empreender, o importante é saber que há franquias para todos os gosto.

Escolher um negócio próprio não é uma tarefa fácil, requer pesquisas, analises e descobrir se possui o perfil para tal negócio.

A vantagem de se optar por uma franquia é que já se tem o modelo de negócio comprovado e todas as diretrizes necessários para inicia-la e ter sucesso. Além de suporte e atualização constante.

Bons modelos de franquia passam por um período de analise junto ao candidato para que ele possa conhecer o modelo de negócio e avaliar se tem perfil para assumir o desafio de ser o dono e gerenciar este empreendimento.

Esta decisão não deve ser tomada no impulso, deve ser uma decisão ponderada e bem pensada, para que não haja arrependimentos futuros.

Mais do que arrependimento é importante lembrar o tempo e valor que foi investido no negócio, e que apesar do suporte, treinamento e diretrizes da franquia, todo o esforço para transformar o negócio em sucesso é seu.

Dicas para avaliar uma franquia

Alguns itens e dados devem ser levados em consideração na hora de escolher por uma franquia.

–       Primeiro defina o setor que gosta de atuar, como por exemplo: prestação de serviço, alimentação ou varejo;

–       Faça o teste e veja se possui o perfil necessário ou os requisitos que a franquia exige;

–       Analise o custo – beneficio;

–       E leve em consideração a flexibilidade e rotina da franquia.

Com essas pequenas avaliações, escolher a franquia ideal ficará mais fácil.

Segundo a ABF – Associação Brasileira de Franchising – o Brasil tem 2031 marcas franqueadas. São mais de 93 mil unidades que faturaram, em 2011, R$ 88,8 bilhões. Neste universo, que deve crescer cerca de 15% neste ano, muitas são as famílias construídas sobre os alicerces do franchising.

Não é raro que casais realizem juntos o sonho de se tornarem empreendedores, fazendo com que suas franquias sejam o sustento da família toda. As franquias são uma segurança para quem não quer começar um negócio do zero porque dão suporte ao franqueado. E ter um sócio em quem se confia plena e mutuamente é um grande passo para o sucesso do negócio. Cada história é única; não existem fórmulas prontas.

Mas, em comum, todos os casais têm a vontade de fazer com que seu negócio próprio possa sustentar suas famílias, enquanto trabalham ao lado de quem amam e confiam.

Aqui, exemplos bem sucedidos das marcas WSI, Lig-Lig, Prima Clean e Roasted Potatoe:

Ana Luiza Rocha de Almeida Cunha é casada com Caio de Almeida Cunha há 27 anos. O casal, que tem dois filhos, decidiu abrir uma franquia da WSI em 2009, depois de terem voltado dos EUA, onde moraram por três anos. Ana Luiza concentra-se na operação da franquia, enquanto que Caio dedica-se a gerenciar o negócio. Atualmente, Caio é máster-franqueado Brasil da WSI. “A aposta deu certo. Mesmo que, às vezes, tenhamos opiniões diferentes sobre o negócio, chegamos sempre a um denominador comum”, revela Ana Luiza.

Segundo ela, o trabalho em família flui naturalmente. “Nossa relação & eacute; baseada no respeito e na comunicação. E a grande vantagem de trabalhar com o marido é a confiança mútua que temos. É poder ser 100% aberta com o outro, sem medo de ser mal-interpretada”, diz.

Marta Maciel Trzesniowski e Mario Trzesniowski são casados há 30 anos e têm um casal de filhos. Ela havia parado de trabalhar como advogada para ter o segundo filho.

E, como o trabalho dele exigia que fizesse muitas viagens, eles decidiram, há 16 anos, abrir um negócio próprio, para que pudessem ficar mais próximos da família. Escolheram uma franquia Lig-Lig. “Naquela época, em São José dos Campos só existia delivery de pizza. Eu gosto muito de cozinhar, gostamos de comida chinesa e por isso optamos pela Lig-Lig”, explica Marta.

A divisão de tarefas é feita de acordo com as habilidades de cada um. Ele cuida da parte administrativo-financeira e ela, do atendimento a clientes e fornecedores, além da relação com colaboradores. “O perfil de cada um tem que ser respeitado, para que possamos trabalhar melhor. Afinal, trabalhar com comida demanda muita atenção e tempo”, acredita ela. A receita do casal para levar o negócio adiante é o profissionalismo. “Não trazemos os problemas de casa para o trabalho. Dentro da loja, ele é meu sócio. Mas, confesso que falamos sobre trabalho em casa”, diz Marta. Apesar da vida corrida, eles veem muitas vantagens em trabalhar em família. “Pudemos criar nossos filhos estando por perto, participando mais e conciliando os horários. E a expansão dos negócios foi natural, com o tempo”, comemora Marta.

A enfermeira Clarísia Gusmão Tigre e o bioquímico Gildásio Cairo Neto são casados há nove anos e têm um bebê de menos de um ano.

Mas, nem suas profissões nem a vida familiar impediram o empreededorismo inato do casal. Eles continuam trabalhando em suas profissões e ainda têm tempo para cuidar da lavanderia Prima Clean em Vitória da Conquista (BA). “Mas só dá certo porque estamos os dois juntos. Claro que, para o negócio prosperar, temos de nos fazer presentes, mas a tecnologia ajuda. Sabemos que nossa função é gerenciar e ter uma equipe confiável é fundamental. Não adianta querer fazer tudo, tem que fazer bem-feito, otimizando o tempo”, afirma Gildásio.

Eles afirmam que discutem juntos todas as ações, como em outras sociedades. “O profissionalismo independe de sermos casados. Mas, o afeto que nos une faz com que o negócio tenha mais sucesso”, revela Gildásio. Não só a divisão das tarefas, mas também a organização e o planejamento do tempo são fundamentais para que todos os negócios funcionem bem.

Enquanto ele se foca nas atividades administrativas e financeiras, ela trabalha no atendimento ao público e na motivação da equipe. “Acredito que o negócio é mais próspero quando um casal é sócio, porque equilibramos as vocações e temos um objetivo em comum: crescer. A família cresce dentro de u m negócio que é tratado com profissionalismo”, acredita Gildásio.

Jaqueline e Altino Ricci são casados há sete anos. Foi a união do casal que despertou o lado empreendedor deles. Assim que se casaram, ela deixou o emprego como operária e ele, o trabalho na agricultura, e adquiriram uma franquia Roasted Potatoe, na cidade de Contagem (MG).

Hoje, eles têm três lojas da marca: uma na cidade de Bauru (SP) e duas em Uberlândia (MG). “E queremos aumentar ainda mais esse número, porque trabalhar juntos aumenta nossa união”, revela Altino que, com Jaqueline, tem uma filha de um ano.

Segundo Altino, o segredo é ter um negócio bem estruturado. “As vantage ns são muitas. Confiamos plenamente um no outro, somos companheiros em todas as ocasiões. Queremos crescer juntos na mesma direção e sabemos que um jamais vai querer o mal do outro. Trabalhar com ela me faz caminhar nos negócios e na vida com mais facilidade”, afirma ele.

 

Fonte: Em Pauta Comunicação

A franquia de origem canadense WSI, que atua no segmento de marketing digital e soluções de Internet, vem acompanhando, de perto, o crescimento do E-commerce no Brasil. “Esta modalidade de venda está em plena expansão em nosso país”, afirma o máster-franqueado da WSI para o interior de São Paulo, Marcelo Alvares Cruz.

“A democratização da Internet impulsionou o aumento do número de usuários que navegam e compram pela rede. Estima-se que em 2011 o Brasil tenha atingido 79 milhões de usuários, o que representa cerca de 40% da população do país. São números que atraem os empresários”.

As vantagens, segundo o máster-franqueado, são bilaterais. “As lojas virtuais oferecem facilidades tanto para quem compra quanto para quem vende. No caso das empresas, não é necessário manter um ponto comercial ou vendedores físicos. E, para os consumidores, a facilidade é poder comprar com conforto, sem sair de casa.”

E para quem quer apostar no comércio eletrônico, a WSI oferece soluções para empresas de todos os portes. “É possível vender qualquer tipo de produto pela Internet. Para as pequenas empresas, uma vantagem é que uma boa loja virtual vai torná-la competitiva e colocá-la no mesmo nível de grandes empresas”, afirma Cruz.

Com base em sua experiência, o máster-franqueado dá dicas importantes para os empresários que querem vender pela Internet. “Na WSI, as soluções são personalizadas de acordo com as necessidades do cliente. Porém, para que o serviço seja eficiente, alguns cuidados são indispensáveis em qualquer projeto”, alerta.

Dicas para Empresários que querem investir em E-commerce

– São muitos os fatores que devem ser levados em conta na hora de viabilizar uma loja virtual: logística reversa, formas de pagamento, objetivo da loja e valor agregado do produto – para calcular gastos com frete, por exemplo, que podem encarecer demais a mercadoria.

Por isso, antes de personalizar qualquer solução, é importante fazer uma análise de cada negócio. A WSI, por exemplo, desenvolveu um relatório, chamado IBA (Internet Business Analysis), que considera tanto o negócio online quanto offline de maneira integrada e também aspectos como faturamento e verba a ser investida.

– Uma boa loja virtual tem design adequado, apresentação atrativa e boa navegabilidade. Além disto, desfruta de boa reputação junto ao cliente em função da facilidade na hora da compra, pontualidade na entrega e qualidade dos itens que comercializa. “Se a experiência na loja virtual for confusa ou complicada demais, o cliente desiste e pode partir para a concorrência”, destaca o máster-franqueado.

– Segurança também é palavra de ordem. Muitas pessoas ainda resistem em comprar pela Internet com medo de compartilhar dados pessoais como endereço, CPF e número de cartão de crédito. É preciso oferecer a melhor opção ao cliente a fim de encorajar as compras.

– A comodidade do cliente precisa ser sempre considerada. “Para o comércio B2B (realizado entre empresas), muitas vezes é mais eficiente desenvolver soluções de compras efetuadas pelo computador. Já no caso de B2C (realizado entre empresa e cliente), pode ser mais vantajosa ter também uma solução mobile (via celular)”, exemplifica Cruz.

– É recomendável agregar às lojas virtuais recursos que aumentem a transparência no processo de venda, a confiabilidade por parte do cliente e facilite o processo de aquisição de produtos. Alguns exemplos são a sugestão de outros produtos similares para quem compra um determinado item; a ferramenta “Avise-me quando chegar”, na qual o sistema envia uma mensagem para o consumidor quando o produto estiver disponível; chave de segurança criptografada; lista de desejos; integração com banco dados da empresa e atualização automática de produtos disponíveis para a venda, entre outras facilidades.

– Muitas lojas virtuais, apesar de bem estruturadas e oferecerem bons produtos, não alcançam resultados satisfatórios por falta de divulgação. É necessário que o empresário invista também em e-mail marketing; divulgação em redes sociais e ações de marketing digital para aumentar a visibilidade do site nos mecanismos de busca.

 

Fonte: Em Pauta Comunicação

Atuando em um dos mais promissores mercados mundiais, o de Marketing Digital e Soluções de Internet, a WSI – We Simplify Internet inicia seu processo de expansão no Brasil por meio de franquias másteres e individuais. A empresa, que tem sede em Toronto, no Canadá, está no mercado desde 1994 e já atingiu a marca de mais de mil unidades espalhadas em 80 países. A WSI também está, há seis anos, no ranking das 500 melhores franquias dos Estados Unidos. Se você tem interesse no assunto e capital para investir, essa pode ser a hora.

A WSI possui uma grande rede de consultores de Internet do mundo. De acordo com o grupo, eles têm ajudado milhares de pequenas e médias empresas a atingirem seu potencial de marketing online. Ao utilizar tecnologias inovadoras de Internet e estratégias de marketing de Internet avançadas, as empresas podem ter um Sistema de Marketing Digital WSI adaptado e totalmente customizado às suas necessidades individuais, para elevar sua presença na Internet e rentabilidade para novos níveis. “O Brasil hoje vive um momento fantástico, onde a economia cresce a passos largos. As organizações brasileiras estão cada vez mais se conscientizando que para sucederem nesse mercado cada vez mais competitivo a internet pode ser um diferencial. Os investimentos em Marketing Digital aqui no Brasil são, portanto, crescentes, assim como nos outros mercados do mundo”, esclarece Marcos Paulo.

Franquia WSI e seu Processo de Expansão

Apesar de estar estudando o mercado brasileiro desde 2008, somente agora a empresa iniciará o processo de expansão por aqui. Segundo Marcos Paulo, com a nova estrutura, chamada de másteres, a WSI começará o crescimento esperando atingir todo o território nacional. “O Brasil inteiro é foco da empresa. Pretendemos estar nas principais capitais até o final de 2011. Hoje temos sete unidades, além de três escritórios de Masters. A ideia é terminarmos o ano com um total de 18 unidades”.

Os franqueados atuarão com vendas de serviços de Marketing Digital, incluindo técnicas que promovem o aproveitamento total da Internet na divulgação empresarial; ferramentas especializadas como o WebScan WSI Report™, que estuda a eficácia atual do website e a presença online de uma marca; posicionamento nos buscadores da Internet e muitas outras soluções de e-business, além de soluções para Smartphones e GPS.

Os serviços da WSI – que têm preços altamente competitivos para atender também pequenas e médias empresas – terão grande aceitação no mercado. O franqueado não precisa ter qualquer experiência no ramo da tecnologia e nem precisa ser um desenvolvedor de softwares ou ter formação em áreas relacionadas à informática.

O que é primordial é ser bom em vendas e falar inglês. “É desenvolvido um processo altamente criterioso de análise do perfil e conhecimentos de um futuro franquiado e só então a pessoa é aprovada para iniciar seu treinamento. Estamos em forte expansão mas não abrimos mão da qualidade profissional de nossos parceiros”, pontua Marcos Paulo.

Investimento necessário para Abrir uma Franquia

A WSI é uma franquia que não exige muito no quesito investimento. O valor inicia-se em US$49,7 mil, para uma licença local, chegando a US$69,7 mil para uma licença nacional. Mas esses valores serão praticados somente para as primeiras franquias, por serem as pioneiras a acreditar na marca. “Além disso, é necessário que o franqueado disponha de capital de giro para os primeiros meses de operação”, contabiliza Marcos, que já informa aos interessados que o retorno do valor investido varia bastante de caso a caso. “Depende muito do envolvimento que o franqueado vai ter com o negócio. Por se tratar de serviços e de ser um business de alta rentabilidade, normalmente o retorno vem em um curto espaço de tempo: de 12 a 18 meses, em média”, ressalta.

O novo franqueado receberá todo o treinamento necessário para operar plenamente sua franquia. Após ser selecionado pelos másteres brasileiros, ele assinará contrato e passará por treinamento no Brasil e também na sede da empresa, em Toronto – valor que será por sua conta.

Da parte administrativa até a operacional, tudo é explicado e conduzido de maneira que o franqueado obtenha sucesso em seu empreendimento. “Gostamos de lembrar que o franqueado tem treinamento continuo enquanto opera a franquia. Sempre surgem novos temas que encaminhamos para conhecimento dos fraqueados. Esse mercado não para nunca e o segredo do sucesso é, sobretudo, nossa metodologia de aperfeiçoamento continuo através de encontros, seminários e webinars, onde reciclamos os conhecimentos”, explica o executivo.

 

Hootsuite-Solution    SEMPO-Member   Google-partner   Yahoo-bling    Hubspot    Constant-contact   Microsoft-partner