Conteúdo publicado originalmente no portal: www.campograndenoticias.com.br

A comunicação digital, que já vinha crescendo em velocidade de foguete, ganhou novo impulso com a pandemia. O marketing digital acompanha esse movimento, já mudou a forma de a empresa se comunicar e vender seus produtos, e a perspectiva é de que continue nessa trajetória de mudanças e transformações. Para ter uma ideia, pesquisa do grupo WPP prevê que os investimentos de publicidade nos marketplaces brasileiros, grandes sites varejistas que trabalham com lojas parceiras, vão crescer 550%, ou cinco vezes e meia, em 2023, atingindo receita de R$ 2,6 bilhões.

Trata-se de um vasto campo a ser explorado pela publicidade. Mas não é só isso. Outras tendências estão solidificando suas formas no mercado digital, que segue em efervescente transformação. Uma delas é o marketing cada vez mais focado nos smartphones, que se tornaram uma extensão do indivíduo. Assim, os anúncios devem ser priorizados para dispositivos móveis em 2023.

Outra grande tendência para 2023 é o aumento significativo de conteúdos em vídeos curtos. O Instagram já se prepara para a entrega cada vez maior do conteúdo publicado no reels, assim como a plataforma TikTok continua ganhando força no mercado. Comunicação ágil e direta. Dessa forma, a criação de conteúdo continua em crescimento. Com diversas redes em ação, esse conteúdo precisa ser direcionado e alternado. Materiais como e-books, conteúdos rápidos e interativos, e que tenham a participação do público, vão se fortalecer em 2023.

A Pesquisa Global Interconnection Index (GXI) aponta que 64% dos entrevistados pretendem construir novos modelos de negócios digitais para permanecer economicamente viáveis até 2023. Até 2025, 75% dos líderes de negócios impulsionarão plataformas digitais e recursos de ecossistema para adaptar suas cadeias de valor a novos mercados. Ainda conforme essa pesquisa, até o fim deste ano, 65% do PIB global será digitalizado.

Levantamento da consultoria EY Parthenon, publicado no Veja Insights, mostra que 23% dos entrevistados no estudo passaram a usar a internet para descobrir novos produtos e serviços. Esse aumento deve crescer inclusive dentro das próprias redes sociais como Instagram e Whatsapp já em 2023. É um processo que ainda está ganhando corpo, mas já se mostra uma importante tendência.

A criação de conteúdos com qualidade em podcasts, com áudios longos que possam ser ouvidos em segundo plano, também continuam ganhando espaço. Segundo um estudo da Juniper Research, as transações de anúncios por voz atingirão o marco de US$ 19,4 bilhões até 2023.  Finalmente, o marketing de influência deve seguir forte e as empresas devem estar atentas à importância do uso de influenciadores digitais nas estratégias de marketing digital.

As ações do marketing digital não devem ser isoladas, precisam de planos e estratégias, de acordo com o objetivo do negócio. É preciso definir aonde a empresa quer chegar, traçar um plano de acordo com o perfil, escolher soluções e ferramentas, acompanhar métricas e indicadores, avaliar constantemente os resultados e a posição do negócio no mercado local e mundial. Consultar um especialista é o melhor caminho para que as ações do marketing digital sejam efetivas. Resultados consistentes exigem investimentos no extremamente competitivo mercado online.

As áreas do marketing digital são muito diversificadas e amplas, pois é um setor que utiliza diversas estratégias digitais que hoje estão disponíveis no mundo digital e podem ser escolhidas de acordo com o objetivo esperado. Sendo assim, conhecer as áreas que mais estão em alta, com potencial de geração de ótimos resultados, é essencial para o profissional que deseja trabalhar com isso.

 

Veja, neste conteúdo, quais são essas áreas e conheça um pouco de cada uma para adquirir mais conhecimento sobre marketing digital!

 

O que é marketing digital?

 

O marketing digital é o processo de promoção de marcas, serviços ou produtos utilizando as mídias digitais como meio. Atualmente, com a Era Digital, é uma das principais formas de comunicação direta entre empresa e público.

 

Essa comunicação pode ser feita com vários objetivos: Uma empresa pode ter interesse no digital para fortalecer a sua marca online, se comunicando com seu público-alvo para tornar sua marca mais conhecida e divulgar seus valores e outros assuntos de importância para esse público. Outro objetivo comum das empresas é usar o marketing digital para atrair pessoas interessadas em seus produtos ou serviços. Nesse caso, as empresas usam o digital para mostrar como seus produtos ou serviços podem ajudar o público que está navegando no mundo digital a solucionarem suas dores ou necessidades. Por fim, o digital também é meio muito eficaz para as empresas simplesmente se comunicarem com seu público-alvo. Levando a eles conhecimento e informações interessantes que podem aproximar o público-alvo das empresas. Nesse caso, as mídias sociais são as formas mais comuns por onde se comunicar com o público em questão. 

 

A seguir comentamos algumas soluções de marketing digital disponíveis hoje para ajudar as empresas a fortalecerem suas marcas, atraírem oportunidades de negócios e se comunicarem com o seu público-alvo nas mídias sociais.  

 

Conheça as áreas do marketing digital em alta!

 

Dentro do marketing digital existem diversas áreas, apresentando diferentes abordagens e estratégias. Conheça as principais a seguir:

 

Inbound Marketing 

 

No Inbound, o foco é atrair e nutrir leads, a partir da definição de estratégias para reter e encantar pessoas e conseguir a conversão delas em clientes. 

 

Além de atrair, essa área trabalha com o objetivo de criar uma relação de confiança entre a empresa e o cliente em potencial utilizando estratégias de persuasão, além de informações sólidas e dados relevantes do mercado.

 

Com isso, a jornada desse cliente, normalmente, se desenvolve em 4 etapas:

 

  1. Atração: o objetivo é atrair visitantes, o que pode acontecer por meio da criação de conteúdo relevante;
  2. Conversão: o foco é converter visitantes em leads para resultar em reais oportunidades de vendas;
  3. Venda: na etapa de venda, são utilizados ainda mais conteúdos úteis e de qualidade para nutrir os leads, bem como é o momento de avaliar e motivar os que já estão no estágio adequado para realizar a compra;
  4. Encantamento: mesmo após a venda, a relação entre empresa e cliente não pode terminar. Aqui, então, inicia-se um novo objetivo, que é o de encantar o cliente para que ele volte a comprar ou se torne um promotor da marca.

 

Marketing de Conteúdo

 

No Marketing de Conteúdo, são usadas técnicas de storytelling e gatilhos mentais para chamar a atenção de clientes em potencial. Para isso, o profissional dessa área desenvolve conteúdos com temas que são de interesse do público-alvo.

 

Nesse sentido, podem ser criados diversos tipos de conteúdo:

 

 

Por meio dos formatos acima ou de outros, o profissional produz conteúdos relevantes e de valor para o público-alvo conforme a estratégia e a necessidade de cada cliente.

 

O processo de produção do conteúdo demanda habilidades de escrita, criatividade, síntese de informações e formulação de ideias que estabeleçam uma comunicação clara com o público para fornecer as soluções que ele busca.

 

SEO

 

A sigla SEO significa Search Engine Optimization, isto é, Otimização de Sites para Mecanismos de Busca na tradução. Essa é a área em que o profissional define métodos para fazer com que os conteúdos produzidos fiquem nas primeiras posições dos mecanismos de busca, como o Google, para o público acessar de forma orgânica.

 

Os resultados orgânicos são aqueles obtidos sem pagar por anúncios, e isso acontece por meio das estratégias de SEO, que envolvem o trabalho de palavras-chave mais específicas ou mais genéricas relacionadas ao nicho de atuação da empresa, linkagens internas, entre muitas outras questões técnicas.

 

A otimização é importante para que os sites sejam encontrados pelo algoritmo e, principalmente, pelos usuários que vão acessar as páginas e gerar conversões no site da empresa.

 

Consultoria de Marketing Digital

 

Também entre as áreas de marketing digital, na consultoria o profissional trabalha dando suporte para auxiliar empresas a terem suas marcas, produtos e serviços alavancados.

 

Dentro disso, ele analisa os principais pontos fortes da empresa e verifica os fatores que precisam ser melhorados. Para tanto, ele deve ser especialista em divulgação, estratégia e em questões técnicas para possibilitar bons resultados a seus clientes.

 

Mídias Sociais 

 

Na área de Mídias Sociais, acontece a gestão da chamada Social Media, que engloba planejar, criar e publicar posts da empresa nas redes sociais existentes, tais como Facebook, Instagram e LinkedIn. 

 

Aqui o conteúdo também deve ser relevante, estratégico e pode ser desenvolvido pelos profissionais que atuam na área de Marketing de Conteúdo, seguindo sempre a identidade visual e o tom de voz da empresa.

 

Por que investir em uma franquia de marketing digital?

 

Como visto, o marketing digital está em alta e é de grande importância para as empresas. Sendo assim, a grande demanda é o principal motivo para investir em uma franquia de marketing digital, tornando o investimento mais seguro.

 

Além disso, com a franquia, o profissional não inicia sua empresa do zero, pois já tem todo o apoio da franqueadora para desenvolver o negócio e conseguir se fortalecer no mercado.

 

Outro ponto é a flexibilidade na atuação, já que o trabalho pode ser feito tanto presencialmente quanto na modalidade home office. Não é incomum encontrar empresas do segmento que atuam apenas remotamente.

 

Portanto, agora que as principais áreas do marketing digital já foram abordadas, bem como alguns dos motivos de investir em uma franquia, será mais fácil entrar para esse nicho e trabalhar em uma área crescente do mercado atual.

 

Quer trabalhar com marketing digital? Conheça a franquia da WSI, que foi desenvolvida pela Franquia WSI, uma empresa experiente do ramo e que contribui para o desenvolvimento dos seus franqueados e clientes!

Conteúdo publicado originalmente no portal: itland.grupomidia.com

O conceito Data Driven e a consequente monetização desses dados cresce exponencialmente e cada vez mais deve fazer parte dos negócios em todos os níveis. O mercado de transformação digital vai movimentar US$ 2,3 trilhões até 2032, com crescimento médio de 14,2% ao ano, de acordo com o relatório Market Research Report da Fact.MR. Apenas este ano, a expectativa é de que o segmento atinja US$ 621 bilhões. A consultoria Forrester avalia que as empresas que são Data Driven estão crescendo 30% ao ano.

O consultor Caio Cunha, presidente da WSI Master Brasil e membro do Global WSI Internet Consultancy Advisory Board, afirma que o novo modelo significa sobrevivência no mercado.

“Ser Data Driven hoje é um diferencial competitivo. Muitos dos concorrentes já adotam e os que não adotarem vão sair do mercado. Cada vez mais os clientes querem ações mais inteligentes”, sentencia o consultor.

Cunha explica que a empresa que é Data Driven usa uma base de dados estruturada, com informações concretas para a tomada de decisões, apoiada em ferramentas de Business Inteligence, inteligência de negócios na tradução. O sistema usa grande quantidade de dados de maneira rápida, segura e eficiente.

“Monetizar esses dados passou a ser interessante. Essas tecnologias podem ser usadas para reduzir custos com automação de tarefas, aumentar receitas identificando e servindo melhor os clientes, atrair mais clientes com engajamento reduzindo esforços, ser mais pessoal e melhorar qualidade dos serviços sem aumentar a equipe”, afirma o consultor.

Ciência de dados

Em resumo, Data Driven é um modelo de gestão orientado por dados. “O lucro vem da monetização desses dados, quanto a empresa pode ganhar com eles levando em conta custos necessários para estruturar a operação, para desenvolver softwares e operá-los”, diz Cunha. Ele cita dois novos profissionais fundamentais nesse processo, data scientists e business leaders.

Os cientistas de dados dedicam tempo para analisar os dados, avaliam a qualidade deles e os impactos das ações tomadas. Os business leaders, líderes de negócios, ajudam os data cientists a analisar os dados de forma mais ampla e completa, olhando o contexto de forma abrangente, aberto a questionar crenças.

Inteligência Artificial

Uma das principais bases desse modelo é a inteligência artificial ou artificial inteligence (AI), metodologia de soluções automatizadas para executar ações humanas como conversar, aprender, planejar, prever. O Machine Learning (ML) é capacidade do sistema de aprender padrões com dados a partir da programação do software e o Deep Learning (DL) é uma técnica de ML que usa modelos do funcionamento do cérebro humano. Há ainda os processos robóticos para automação de tarefas de rotina.

“Resumindo, DL é uma técnica de ML que alimenta as aplicações da Inteligência Artificial. Essas ferramentas analíticas avançadas criam uma mensagem certa para o público certo no momento certo. É preciso ao menos de um a dois anos de dados para criar os modelos”, diz Cunha.

Receitas maiores

Segundo o presidente da WSI, a Inteligência Artificial e as tecnologias de Analytics podem aumentar as receitas das empresas que são Data Driven quando identificam potenciais negócios, aprimoram o entendimento para servir melhor os clientes, além de atraí-los com engajamento. Ao mesmo tempo, reduzem os custos de operação, já que automatizam tarefas e melhoram a qualidade dos serviços sem a necessidade de aumento de sua equipe.

“Esses pilares, Analytics, IA e Banco de Dados, formam um tripé de sustentação nas empresas e contribuem para crescimento exponencial no mundo digital em que vivemos hoje”, garante Cunha. Ele comenta que outras ferramentas já foram desenvolvidas para serem usadas na rotina de busca e fidelização de clientes mais rentáveis, para forecasting (estatísticas e previsões), segmentação, targeted marketing (marketing direcionado ao público alvo) e taxa de churn (rotatividade do cliente), entre outras funções operacionais.

Segurança dos dados

O consultor alega que a segurança dos dados não impede a monetização, mas deve receber a devida importância e obedecer à legislação. “Se as informações são sensíveis, use-as para fins estatísticos apenas. Hoje é muito comum acumular e trabalhar dados próprios junto com dados de terceiros. Mas cuidado porque dados em excesso também podem não servir muito. Sempre considere valor e risco”, alerta.

O presidente da WSI explica que empresas de diferentes portes podem se tornar Data Driven e a implantação pode ser feita na nuvem (cloud) ou nas instalações da própria empresa (on premisse). “A base de dados estruturada utiliza informações concretas e não suposições para a tomada de decisões”, comenta.

Valor da voz

Cunha aponta que cada vez mais as pessoas usam celulares para fazer negócios e isso tem levado à criação de aplicativos que estão se direcionando para voz e chats.

“Os clientes não querem mais ficar preenchendo formulários para pedir ajuda nem clicar muitas vezes para chegar à solução”, diz. Para melhorar posicionamento online ele sugere transformar conteúdo em forma de conversas, criar tarefas específicas para produtos em voz, alternativas para dizer a mesma coisa, focar no seu mercado local (Make it Local) e ir direto ao ponto.

Estando a par do burburinho no mundo digital sobre os Tokens Não Fungíveis (NFT), a WSI Corporate tem o prazer de anunciar que a WSI eStrategies, uma Agência WSI, sediada em Otawa, firmou contrato com o seu primeiro cliente nesse segmento de negócio inovador, NFT. A DBAG, uma empresa pública NFT, atuante na plataforma de cryptomoeadas, denominada Ethereum, contratou a WSI para gerir a sua campanha de lançamento e as iniciativas de marketing digital em curso.

Mark Jamieson, Sócio-Diretor da WSI eStrategies conta “Este é um projeto empolgante para a WSI. As NFT têm sido o grande burburinho no mercado ultimamente, e quer goste, odeie, ou simplesmente não entende ainda…. não importa! É real, é o futuro, e nós estamos entusiasmados por estar atuando nesse mercado“.

Contando do projeto, Jamieson explica “A DBAG nos contratou para atrair o tráfego do Twitter para o seu canal, Discord, para que eles possam se comunicar com a sua comunidade online sobre o lançamento, dia 8 de julho de 2022, do seu passe de acesso (All-Access Pass) que inclui um NFT. Embora o produto seja novo e um pouco desconhecido para muitos, a estratégia em si é bem simples. Focar no público certo, tomando por base os seus interesses, e apresentar anúncios diferenciados que promovam esse lançamento, atraindo-os para o canal Discord, da DBAG. Nos vemos dia 8 de Julho“!

Mark Jamieson e Kimberly Archambault são sócios e tem tido muito sucesso na sua franquia WSI, localizada em Otawa, onde atuam desde o verão de 2014. São profissionais altamente qualificados com especialização em vendas e marketing. Essa experiencia se complementa com muito conhecimento das soluções de marketing digital que ficam à sua disposição na rede global WSI. Não há um segmento de indústria com a qual eles não tenham trabalhado e para o qual não tenham gerado excelentes resultados. Esse sucesso vem através de uma combinação das soluções digitais selecionadas, técnicas e melhores práticas adotadas, e estratégias personalizadas definidas para cada cliente. Sua atuação pode ser criar um site, para uma pequena empresa, que quer atrair contatos de fácil conversão, ou gerir uma campanha completa de Otimização de Buscas (SEO) para uma empresa no ramo de energias, de grande porte, ou gerir publicidade através de mídia paga para nichos de mercado específicos de soluções tecnológicas de alto nível, ou marketing de conteúdo de valor para fornecedores de restauro e remediação, ou e-mail marketing que atrai público-alvo para corretoras imobiliárias, ou até, o mais recente, que é gerir as atividades de marketing digital para o mercado NFT, que está evoluindo rapidamente para seu mega lançamento. Kimberly e Mark e a sua equipe de profissionais que os apoia, fazem tudo isto com uma harmonia e delicadeza que é difícil de igualar.

Valerie Brown-Dufour, presidente da WSI, explica que “A rede global de Consultores de Marketing Digital da WSI é como uma colônia mundial de abelhas operárias. Não apenas captando as novidades, mas também as criando. Nossos consultores e agências de marketing WSI já ajudaram mais de 100.000 empresas ou entidades, em muitos ramos de negócio, contribuindo para que essas empresas vivenciem novas possibilidades e maximizem a expansão dos seus negócios. Posso afirmar com segurança que nossos consultores WSI, fornecedores e parceiros-homologados no nosso eMarketplace, funcionários e clientes estão realmente na vanguarda da tecnologia do marketing digital. Agora estamos vendo uma grande oportunidade para nossos clientes quando se trata de NFTs, criptomoeda, tecnologia blockchain e Web3, de um modo geral. Mark e Kimberly estão abrindo as portas para o restante da nossa rede de profissionais WSI dando à nossa rede uma direção para as estratégias em Web3, nesse mundo das pequenas e médias empresas, onde atuam. Parabéns à WSI eStrategies, em Otawa, por ter conquistado este prestigioso cliente, DBAG, e desejamos à sua equipe muito sucesso”

Sobre a WSI eStrategies

A WSI eStrategies é uma agência de marketing digital, premiada em Otawa, e especializada em Web Design, Otimização de Buscas (SEO), Link Patrocinados (PPC) e Marketing de Mídias Sociais. Seus profissionais, especialistas em marketing digital, ajudam empresas de pequeno e médio porte a atingirem seus objetivos de negócios. Eles estudam os objetivos de negócio dos clientes, seus sites e as atuais estratégias de marketing digital para encontrar as melhores soluções. Por mais de 25 anos, a WSI tem ajudado empresas de todos os tamanhos, ao redor do mundo, a entender melhor e alavancar o poder da Internet como soluções estratégica de marketing digital que impulsionam leads e geram mais vendas. Por meio de seu escritório em Otawa, a equipe WSI eStrategies contribui de forma significativa para o sucesso desse trabalho. Para obter mais informações sobre esta Agência WSI, acesse seu site.

A internet está cada vez mais presente no cotidiano das pessoas ao redor do mundo, de modo que os consumidores buscam serviços e produtos digitais. É justamente aí que o marketing digital surge. Mas por que investir em marketing digital?

Conhecer os motivos pelos quais vale a pena investir nessa área é fundamental para compreender as oportunidades que esse meio tem a oferecer.

Acompanhe este conteúdo e descubra o porquê de investir nesse segmento!

 

O que é marketing digital?

O marketing digital reúne estratégias e ações que possibilitam que empresas de diversos segmentos divulguem e comercializem on-line os produtos e serviços com os quais trabalham. Mas marketing digital não é apenas uma forma de comercializar seus produtos e serviços. O digital engloba também a melhor forma de usar o digital para fortalecer a sua marca e se tornar conhecido nas mídias online. O digital também é um local onde você se comunica com seu público-alvo. Tudo isso em busca de aumentar sua receita atraindo mais contatos e convertendo esses contatos em clientes.  

 

As soluções de marketing digital englobam dDesde criação e gestão de site institucional até blog, e-mail marketing, mídia paga, landing pages, newsletter e demais ferramentas. T, tudo isso faz parte de estratégias de marketing digital para potencializar a relação comercial entre o  seu negócio e o seu público-alvo.

 

As empresas já se conscientizaram que as soluções de marketing digital são essenciais para poder atingir seu público-alvo e comercializar seus produtos frente ao mercado competitivo que predomina hoje. O público usa a internet para pesquisar online, ouvir opiniões, identificar soluções ideais, comparar produtos e muito mais. E as empresas sabem que é na internet que poderão se comunicar com esse público, atraindo-o para avaliar seus produtos e serviços.

 

Com isso, as empresas obtêm, no âmbito digital, a capacidade de fechar negócios e atrair ainda mais clientes a partir de técnicas desenvolvidas nessepensando no mercado on-line.

 

Por que investir em marketing digital como uma oportunidade de negócio?

Agora, muitas pessoas podem pensar: por que investir no marketing digital como uma oportunidade de negócio? A resposta tem a ver com o momento atual. Investir no marketing digital é um caminho com grande potencial de desenvolvimento profissional, uma vez que a busca de empresas por esse tipo de atividade é crescente. O digital sempre foi uma tendência e as empresas avançaram nesse aprendizado sobre como usar a internet para alavancar seus negócios. No entanto, a pandemia, que predominou a partir de 2020, acelerou essa tendência e hoje o volume de negócios feitos através da internet superam as vendas offline no Brasil e no mundo.

 

Isso porque empresas que já têm presença digital consolidada buscam crescimento, enquanto as que ainda não fazem parte desse cenário precisam ingressar para não ficar em desvantagem.

 

Além disso, existem muitos outros motivos. Confira logo abaixo.

 

Ser Consultor dos Executivos da Diretoria de seus Clientes 

O marketing digital se tornou um tema de maior importância nas empresas atuais. Os executivos precisam de consultores especializados e que saibam recomendar as melhores soluções de marketing digital para seus clientes. 

 

O franqueado especializado nas soluções de marketing digital podem atuar como consultores indicando aos executivos de seus clientes quais as soluções que melhor atenderão às necessidades dos clientes. Essas necessidades podem ser relacionadas com geração de oportunidades de negócios online, fortalecimento de marca e comunicação com seu público-alvo nas mídias sociais, por exemplo. Os franqueados saberão planejar e indicar as atividades recomendadas e implementá-las visando atingir os objetivos definidos em conjunto com seus clientes.

  

Segurança no investimento

A segurança do investimento é um dos principais motivos, pois, como é um segmento em expansão, construir esse tipo de negócio é algo sem grandes riscos – principalmente, quando o investimento é feito em uma franquia de marketing digital e  desenvolvido com eficiência.

 

Com uma franquia de marketing digital, não há necessidade de começar o negócio do zero. O profissional já inicia com apoio e embasamento de uma empresa consolidada  bem como consegue desenvolver as etapas operacionais e comerciais do negócio com mais tranquilidade operacional, reforçando a o que também reflete em segurança.

 

Flexibilidade de atuação

Outro ponto interessante é a flexibilidade de atuação, já que é uma área em que o trabalho na modalidade home office é sempre viável. Com isso, os gastos relacionados à estrutura são muito reduzidos, como os gastos com manutenção em termos de imóvelprédio, aluguel e até mesmo com funcionários.

 

Porém nada impede que um espaço físico seja criado, isso vai depender da disponibilidade e do direcionamento que o profissional estabelecer.

 

Facilidade de montar sua equipe

Em resposta à questão de por que investir em marketing digital, outromais um motivo é a facilidade em montar equipes de trabalho, nos casos em que o profissional almeja expandir o negócio, por exemplo. Isso acontece graças ao segmento estar em alta, com grande procura por empresas de portes e ramos variados. Além de ter uma rede de parceiros homologados que o ajudará a fazer suas entregas, amparadas no apoio contínuo da franqueadora. 

 

Assim, não será difícil encontrar mão de obra capacitada para formar uma equipe qualificada e conseguir obter melhores resultados.

 

Portanto, investir em marketing digital é uma das opções mais promissoras do mercado, e escolher essa área pode ser uma forma de construir uma carreira muito bem-estruturada, com grandes chances de o profissional se tornar referência em um mundo onde o digital conquista novos espaços a cada momento.

 

Você já conhece a Franquia WSI? Com ela, você conta com a maior rede de marketing digital do mundo e tem o benefício de não precisar começar do zero. Aproveite e seja um franqueado WSI!

O marketing empresarial pode ser entendido como o conjunto de estratégias utilizadas pelas empresas para atrair mais clientes, promover o aumento das vendas para clientes antigos, além de fortalecer a marca para colaboradores e parceiros do negócio.


Continue a leitura e veja como aplicar o marketing empresarial!

 

Como aplicar o marketing empresarial?

Para criar uma estratégia de marketing empresarial, é possível utilizar os 4 Ps do marketing, conceito criado pelo professor Jerome McCarthy em 1960 e amplamente divulgado por Philip Kotler. Os 4 Ps são:

 

 

O produto, que também pode ser um serviço, é o que a empresa desenvolveu ou está comercializando para seus clientes. Já o preço é o valor monetário que o negócio cobra para que seus clientes adquiram a solução ofertada.

 

A praça, por sua vez, é onde o produto será vendido e distribuído para os clientes, podendo ser escolhido um local físico ou digital, por exemplo. Por fim, o último P está relacionado à promoção, que é a divulgação efetiva do produto nos canais escolhidos pela empresa.

 

Com esses 4 Ps, uma empresa consegue aplicar o marketing empresarial em uma estratégia de vendas, podendo aumentar a quantidade de negócios e melhorar a jornada de compra dos clientes.

 

Qual é a importância do marketing empresarial? 

Para realizar vendas, as empresas precisam investir em marketing empresarial offline e on-line – não há como fugir disso. Quando a estratégia é bem-aplicada, é possível aumentar o faturamento e, consequentemente, o lucro da empresa, além de ganhar mais espaço e reconhecimento no mercado.

 

Outra vantagem de focar no marketing empresarial é o entendimento que ele possibilita sobre o cliente. Quanto mais o público-alvo é focado, mais a empresa consegue compreender suas dores para oferecer soluções criativas e eficazes para problemas já existentes.

 

Por fim, vale a pena ressaltar que o marketing empresarial posiciona a empresa como referência em seu nicho de atuação. Assim, aos poucos, a confiança dos consumidores é conquistada e cada vez mais a organização é vista como autoridade no segmento.

 

Quais são os objetivos do marketing empresarial? 

Os objetivos do marketing empresarial são o fortalecimento do vínculo com seus clientes, a promoção da marca no mercado, o maior engajamento da equipe (com estratégias de endomarketing), a fidelização dos consumidores e o aumento das vendas.

 

Todos esses objetivos podem ser mensurados com KPIs, que são indicadores de desempenho utilizados para avaliar o resultado de estratégias. Após aplicar o marketing empresarial com uma ação de vendas, por exemplo, vale a pena utilizar os KPIs para entender o que deu certo e o que precisa ser melhorado.

 

A WSI é a maior rede de marketing digital do mundo e está pronta para receber você, empreendedor de marketing digital, para ajudar a alavancar seus resultados no mercado. Oferecemos uma oferta exclusiva para a abertura de franquias e desenvolvimento de franqueados, com programas de educação contínuos que vão ajudar o seu negócio a prosperar.

Continue no site para saber mais sobre a proposta da franquia de marketing digital da WSI!

Produtos digitais, ou infoprodutos, são aqueles que não necessariamente possuem uma versão offline. Como exemplo, podemos citar um livro digital, também chamado de e-book, que pode ou não ter uma versão impressa.

 

A grande sacada desse tipo de produto é que, normalmente, eles não têm um grande custo de produção, o que faz com que os lucros da venda possam ser mais altos.

 

Além disso, os ganhos na comercialização desse tipo de produto são escaláveis, já que não há um número limitado de estoque e os canais de distribuição são on-line e automatizados.

 

Continue a leitura para saber mais sobre os produtos digitais!

 

Quais são as vantagens de produzir produtos digitais?

 

Uma das principais vantagens dos produtos digitais é a versatilidade de canais em que eles podem ser vendidos. É possível fazer a divulgação dos produtos nas redes sociais, sites, blogs, plataformas de afiliados, aplicativos de mensagens, e-mail marketing e por aí vai. Essa ampla gama de opções permite que o público-alvo do seu segmento encontre a solução oferecida com muito mais facilidade.

 

Além disso, é possível manter uma renda passiva com a venda de produtos digitais. Digamos que você crie um e-commerce para vender um curso on-line em video-aulas. Enquanto o site estiver no ar, você pode fazer vendas e enviar o link de acesso do curso automaticamente para os clientes, gerando, assim, uma renda passiva para o seu negócio.

 

Conheça alguns tipos de produtos digitais

 

Veja opções de produtos digitais para você começar a produzir:

 

E-books

 

Os e-books são um dos produtos digitais mais difundidos do mercado. As pessoas estão cada vez mais optando por fazer leituras em celulares, tablets, computadores, e-readers etc. Normalmente, os livros digitais são mais baratos para o cliente e trazem mais lucro para os escritores, pois não envolvem o custo de impressão.

 

Cursos on-line e consultoria on-line

 

Os cursos on-line podem ser feitos em formato de apostilas digitais e videoaulas. Eles são gravados por um professor e disponibilizados para que os alunos assistam em aparelhos digitais a qualquer hora do dia.

 

Já a consultoria on-line é feita por um profissional conhecedor do assunto que passa informações para pessoas que estão iniciando em um segmento ou que desejam aumentar a relevância do seu negócio.

 

Podcasts

 

Os podcasts estão ganhando cada vez mais espaço no mercado digital. Eles podem ser conceituados como programas de áudio transmitidos on-line por meio de plataformas como sites, YouTube, Spotify, entre outros. Atualmente, é possível faturar muito com podcasts, fazendo parcerias de divulgação com empresas, por exemplo.

 

Materiais para impressão

 

Os materiais para impressão podem ser oferecidos digitalmente, para que o comprador faça a impressão por sua conta. Alguns produtos que já entraram nessa onda são os planners, calendários, agendas, livros de colorir, planejamentos diários e semanais e por aí vai.

 

Como vender seus produtos digitais?

 

Para vender produtos digitais, é interessante seguir um passo a passo:

 

  1. Escolha um nicho específico e se especialize nele; 
  2. Conheça bem o seu público-alvo para se comunicar melhor; 
  3. Faça benchmarking, isto é, verifique o que a concorrência faz; 
  4. Descubra o melhor formato de vendas disponível; 
  5. Defina preços justos e que possibilitem a escalabilidade do seu negócio.

Gostou do conteúdo e ficou com vontade de empreender com uma franquia de marketing digital? Então continue navegando pelo site da Franquia WSI!

Se você quer empreender, mas ainda não sabe por qual modelo de negócio optar, saiba que investir em uma franquia é uma excelente alternativa, desde que você saiba como adquirir uma franquia de uma marca consolidada.

 

Em virtude disso, nós, da WSI, elaboramos este artigo com algumas informações sobre o tema para auxiliar você nessa empreitada.

 

Como adquirir uma franquia com chance de sucesso?

 

Saiba o que fazer para encontrar a franquia ideal para o seu perfil empreendedor e fechar um bom negócio.

 

1. Obtenha mais informações sobre os segmentos e as franquias

 

Para obter mais informações sobre o segmento em que pretende atuar, consulte o site da Associação Brasileira de Franchising (ABF), pois a entidade divulga frequentemente dados sobre o mercado de franquias no Brasil. Assim, você poderá avaliar o desempenho do segmento que pretende escolher, uma vez que não adianta você ter afinidade com o ramo se ele está em baixa no mercado.

 

Definido o segmento, pesquise sobre as franquias que mais se destacam no mercado. Você pode se orientar pelas marcas que melhor se posicionam nos resultados das ferramentas de busca, como o Google, tendo em vista que esses mecanismos de pesquisa dão preferência pelas páginas de marcas com maior autoridade no mercado.

 

Convém, ainda, informar-se sobre como o cliente avalia as marcas. Para isso, consulte páginas como o Reclame Aqui e o Google Meu Negócio. Verifique também as interações dos clientes nas redes sociais da marca, tanto no perfil oficial da franqueadora quanto nos perfis dos franqueados que atuam na mesma região em que você pretende estar, para saber como a população daquela localidade classifica a marca em particular.

 

2. Consulte os franqueados

 

Na sequência, consulte atuais ou ex-franqueados para saber como, de fato, é atuar na franquia. Para isso, solicite a Circular de Oferta de Franquia (COF), documento que as franquias são obrigadas por lei a entregarem aos interessados em investir na rede. Na COF, devem constar os contatos dos franqueados e ex-franqueados dos últimos doze meses.

 

Com essa lista em mãos, entre em contato com o maior número de franqueados e ex-franqueados que puder para saber quais são os prós e contras de atuar com a marca. Isso porque que eles já passaram pelo mesmo processo que você.

 

3. Analise a Circular de Oferta de Franquia (COF)

 

Como mencionado acima, a franqueadora é obrigada por lei a fornecer esse documento. A COF é regulamentada pela Lei n.º 13.966/2019, que fornece uma listagem de todas as informações que a franqueadora deve prestar ao interessado, as sanções que poderão ser sofridas se a lei for desrespeitada, as condições que os contratos de franquias devem obedecer, entre outros.

 

Sendo assim, lá constam muito mais informações pertinentes para a sua tomada de decisão, como, por exemplo:

 

Diante disso, consulte a legislação e contrate um advogado para auxiliá-lo ao longo do processo de aquisição da franquia para que tudo saia como o previsto.

 

Você conhece a Franquia WSI?

A WSI é a maior rede de franquias de marketing digital do mundo e se mantém competitiva no mercado desde 1995. Se você deseja saber como adquirir uma franquia de Marketing Digital, venha conhecer a WSI e crescer conosco!

Você já ouviu falar em gatilho mental de prova social? Pois saiba que se trata de uma estratégia muito comum no Marketing Digital, conseguindo atrair muitos clientes para as empresas. Deseja saber mais sobre o assunto? Então, confira o conteúdo logo abaixo!

 

O que é o gatilho mental de prova social?

 

Primeiramente, é importante conhecer a definição de gatilho mental, que nada mais é do que um estímulo externo que induz a tomada de decisão inconscientemente. Já a prova social, no Marketing, consiste em uma evidência produzida por uma pessoa que já concluiu o funil de vendas e pode opinar sobre um determinado produto ou serviço oferecido por uma marca.

 

Portanto, o gatilho mental de prova social é o testemunho de um cliente a respeito de um produto ou serviço utilizado com o objetivo de influenciar a tomada de decisão de outras pessoas. 

 

Como os gatilhos mentais funcionam no marketing?

 

A ideia de gatilho mental é proveniente da psicologia social, mais especificamente do conceito de efeito de adesão, que afirma que um indivíduo toma uma determinada decisão porque várias outras pessoas a tomaram antes. Posteriormente, esse conceito foi explorado por outras áreas do conhecimento, como as ciências sociais e a economia comportamental, até ser adotado pelo marketing como uma estratégia de venda.

 

Como gerar provas sociais?

 

As provas sociais podem ser geradas pelos clientes espontaneamente, mas é possível incentivá-los a darem um feedback sobre o produto que adquiriram ou serviço que contrataram. 

 

Por exemplo, após o cliente receber o pedido ou serviço, pode-se enviar um e-mail agradecendo a preferência pela marca e comunicando que as abas de comentários e o chat de comunicação das redes sociais estão abertos para receberem a opinião dele sobre a experiência de consumo que teve com a empresa.

 

Como usar o gatilho mental de prova social?

 

Há diferentes tipos de provas sociais, uma vez que existem diversas formas dos clientes exporem as experiências deles com uma marca. Conheça alguns desses tipos logo abaixo.

 

1. Redes sociais

 

As redes sociais oferecem uma série de espaços para os clientes gerarem provas sociais, como por meio de stories – que podem ser repostados no perfil da marca – e comentários em publicações, no caso do Instagram.

 

É possível, ainda, fechar parcerias com influencers para que eles façam uma demonstração do produto no perfil deles.

 

2. Vídeos

 

Provas sociais em formato de vídeo geram muita credibilidade à marca. Para aplicar esse tipo de prova social, basta entrar em contato com os clientes e produzir um vídeo profissional, o qual transmitirá ainda mais confiabilidade à empresa.

 

3. Site e blog

 

O site e o blog também possibilitam a exposição de provas sociais em diferentes espaços, como comentários em postagens, seção de depoimento dos clientes e de cases de sucesso.

 

Para realizar uma seção de cases de sucesso, pode-se fazer uma entrevista com o cliente relatando a experiência dele com o produto ou serviço. Cabe dizer que o conteúdo da entrevista também pode ser transformado em um artigo de blog.

 

Conheça a WSI

 

A WSI é considerada a maior rede de Marketing Digital no mundo e tem parceiros em diversos países. Com 25 anos de trajetória, a empresa conta com ampla expertise na área, sendo o conhecimento sobre gatilho mental de prova social apenas um deles. 

 

Se você deseja fazer parte da rede de franquias de Marketing Digital da WSI, entre em contato e venha crescer conosco!

Com o objetivo de reduzir custos e se adequar à situação do mercado de franchising no Brasil, muitas empresas e empreendedores estão apostando em franquia home based, categorizadas como nano e microfranquias.

 

Esse modelo de franquia ocorre quando uma pessoa trabalha e tem a sua empresa em casa, por exemplo, realizando a divulgação dos seus serviços e produtos, mas que, para fazer a entrega deles, é necessário realizar um deslocamento.

 

O home based é diferente do home office, pois no home based há deslocamento, já no modelo home office todos os processos do trabalho são realizados sem a necessidade de deslocamento, podendo ser 100% on-line.

 

Saiba neste artigo quais são as vantagens de investir em franquias home based para o seu negócio!

 

Por que investir?

 

A franquia home based proporciona ao empreendedor diversos benefícios, como praticidade, custo baixo, dentre outros.

 

Menor capital

 

Para investir na franquia home based, é exigido um valor mais baixo, tanto para os gastos gerais quanto para a manutenção do negócio devido ao fato de ser na própria residência e não ter necessidade de alugar outros locais.

 

Maior controle na qualidade da demanda

 

Em razão do seu porte, a franquia home based garante um controle maior da qualidade de todos os produtos e serviços que estão sendo prestados, principalmente pelo fato das franquias terem padronização de todos os processos, portanto a auditoria também se torna facilitada.

 

Horário flexível

 

A partir da franquia home based, é possível administrar o tempo de forma ampliada. Com esse modelo de negócio, é possível gerenciar questões de trabalho e de casa, otimizando o tempo com um planejamento organizacional equilibrado e eficiente.

 

Além da flexibilidade para produzir outros processos e projetos, o home based proporciona o conforto de não ter que se locomover, o que auxilia na redução de custos e também de tempo gasto. 

 

Gestão simples

 

Ao optar pelo modelo de franquia home based, a necessidade da contratação de mais funcionários reduz, podendo, inclusive, não ser preciso nenhum funcionário a mais para o negócio funcionar adequadamente.

 

Com a redução de funcionários, a gestão é simplificada, o investimento na comunicação interna também reduz, e as questões burocráticas contratuais são menores.

 

Agilidade na inauguração

 

Para efetuar a inauguração de uma empresa que faz parte de uma franquia home based, o tempo disposto é menor em comparação a uma franquia tradicional física. Isso porque seus processos são simplificados e não é exigido Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ) para dar início às operações.

 

Portanto, o investimento em uma franquia home based proporciona ao empreendedor redução de burocracias, facilidade de processos, mais tempo livre para outras atividades e diminuição considerável de custos.

 

Se você tem interesse em abrir a sua franquia de Marketing Digital home based, navegue pelo nosso site e conheça as opções da WSI Franquia!

 

A WSI é uma rede de Marketing Digital em atuação há 25 anos no mercado que oferece ao franqueado e clientes o desenvolvimento do negócio a partir de programas de educação em diversas áreas e com estrutura padronizada.

Hootsuite-Solution    SEMPO-Member   Google-partner   Yahoo-bling    Hubspot    Constant-contact   Microsoft-partner