Conteúdo publicado originalmente no portal: www.campograndenoticias.com.br

A comunicação digital, que já vinha crescendo em velocidade de foguete, ganhou novo impulso com a pandemia. O marketing digital acompanha esse movimento, já mudou a forma de a empresa se comunicar e vender seus produtos, e a perspectiva é de que continue nessa trajetória de mudanças e transformações. Para ter uma ideia, pesquisa do grupo WPP prevê que os investimentos de publicidade nos marketplaces brasileiros, grandes sites varejistas que trabalham com lojas parceiras, vão crescer 550%, ou cinco vezes e meia, em 2023, atingindo receita de R$ 2,6 bilhões.

Trata-se de um vasto campo a ser explorado pela publicidade. Mas não é só isso. Outras tendências estão solidificando suas formas no mercado digital, que segue em efervescente transformação. Uma delas é o marketing cada vez mais focado nos smartphones, que se tornaram uma extensão do indivíduo. Assim, os anúncios devem ser priorizados para dispositivos móveis em 2023.

Outra grande tendência para 2023 é o aumento significativo de conteúdos em vídeos curtos. O Instagram já se prepara para a entrega cada vez maior do conteúdo publicado no reels, assim como a plataforma TikTok continua ganhando força no mercado. Comunicação ágil e direta. Dessa forma, a criação de conteúdo continua em crescimento. Com diversas redes em ação, esse conteúdo precisa ser direcionado e alternado. Materiais como e-books, conteúdos rápidos e interativos, e que tenham a participação do público, vão se fortalecer em 2023.

A Pesquisa Global Interconnection Index (GXI) aponta que 64% dos entrevistados pretendem construir novos modelos de negócios digitais para permanecer economicamente viáveis até 2023. Até 2025, 75% dos líderes de negócios impulsionarão plataformas digitais e recursos de ecossistema para adaptar suas cadeias de valor a novos mercados. Ainda conforme essa pesquisa, até o fim deste ano, 65% do PIB global será digitalizado.

Levantamento da consultoria EY Parthenon, publicado no Veja Insights, mostra que 23% dos entrevistados no estudo passaram a usar a internet para descobrir novos produtos e serviços. Esse aumento deve crescer inclusive dentro das próprias redes sociais como Instagram e Whatsapp já em 2023. É um processo que ainda está ganhando corpo, mas já se mostra uma importante tendência.

A criação de conteúdos com qualidade em podcasts, com áudios longos que possam ser ouvidos em segundo plano, também continuam ganhando espaço. Segundo um estudo da Juniper Research, as transações de anúncios por voz atingirão o marco de US$ 19,4 bilhões até 2023.  Finalmente, o marketing de influência deve seguir forte e as empresas devem estar atentas à importância do uso de influenciadores digitais nas estratégias de marketing digital.

As ações do marketing digital não devem ser isoladas, precisam de planos e estratégias, de acordo com o objetivo do negócio. É preciso definir aonde a empresa quer chegar, traçar um plano de acordo com o perfil, escolher soluções e ferramentas, acompanhar métricas e indicadores, avaliar constantemente os resultados e a posição do negócio no mercado local e mundial. Consultar um especialista é o melhor caminho para que as ações do marketing digital sejam efetivas. Resultados consistentes exigem investimentos no extremamente competitivo mercado online.

WSI Franquia

Saiba mais sobre como ser um franqueado WSI

Nome Completo

E-mail

O que descreve melhor você?

Telefone

Cidade

Estado

Hootsuite-Solution    SEMPO-Member   Google-partner   Yahoo-bling    Hubspot    Constant-contact   Microsoft-partner